Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2017 > Setembro > Benefício de Prestação Continuada é tema do Papo Social

Notícias

Benefício de Prestação Continuada é tema do Papo Social

Inclusão cadastral

O secretário-executivo do MDS, Alberto Beltrame, respondeu a dúvidas sobre a inclusão dos beneficiários do BPC no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal
publicado  em 06/09/2017 17h15
Clarice Castro/MDS

Brasília – O Benefício de Prestação Continuada (BPC) foi o tema do Papo Social desta quarta-feira (6). Na segunda edição do programa – que é transmitido ao vivo na página do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) no Facebook –, o secretário-executivo, Alberto Beltrame, respondeu a dúvidas dos internautas sobre a inclusão dos beneficiários do BPC no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, entre outros assuntos.

Em julho de 2016, o governo federal publicou um decreto que prevê a inscrição obrigatória de todos os beneficiários do BPC no Cadastro Único até o final de 2018. Segundo Beltrame, cerca de 60% das pessoas que recebem o benefício não estão inscritas no cadastro. A inclusão dos idosos e das pessoas com deficiência, explicou, irá aprimorar a gestão dos benefícios.

“Nós temos feito o cruzamento das declarações de renda do Cadastro Único com uma série de bases de dados para verificar a consistência das informações prestadas. O MDS está preocupado em fazer uma adequada governança, uma adequada gestão do benefício. O objetivo é fazer com que esses recursos cheguem às mãos corretas, daquelas pessoas que realmente precisam. Esta é a tarefa que nós temos pela frente”, afirmou.

Na entrevista, o secretário-executivo destacou ainda que o cadastramento permitirá ao MDS conhecer melhor o perfil de quem recebe o BPC. “Além disso, ao se cadastrarem, os beneficiários podem ter acesso a outros programas do governo federal, como Minha Casa, Minha Vida, Tarifa Social de Energia Elétrica ou passagem gratuita de transporte coletivo. Enfim, há uma série de outros benefícios que podem ser estendidos para essas pessoas, além do BPC”, acrescentou.

Transmitido quinzenalmente, o Papo Social é uma produção da Assessoria de Comunicação do MDS. No programa, os convidados respondem a questões específicas sobre temas relacionados à pasta. Para sugerir os assuntos a serem abordados, deixe uma mensagem na página do MDS no Facebook.

Leia também:
Ministro é o primeiro entrevistado do Papo Social

Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

 Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa