Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2017 > Outubro > Resultado das oficinas de educação financeira do Bolsa Família é apresentado em Brasília

Notícias

Resultado das oficinas de educação financeira do Bolsa Família é apresentado em Brasília

PROGREDIR

Capacitação dos beneficiários busca promover a autonomia e melhora na qualidade de vida, mudando a realidade das famílias
publicado  em 18/10/2017 16h40

Brasília – Garantir educação financeira a cerca de 100 mil famílias do Programa Bolsa Família para que possam conquistar autonomia e melhora na qualidade de vida. Essa será uma das estratégias do Plano Progredir, elaborado a partir de uma inovação do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) ao adotar as ciências comportamentais na construção das políticas públicas. A previsão é de que oportunidades de capacitação na área de finanças comecem a ser ministradas a partir de fevereiro de 2018.

Nesta terça-feira (17), durante a 3ª Semana de Inovação em Gestão Pública, a diretora de Benefícios da Secretaria Nacional de Renda de Cidadania (Senarc) do MDS, Caroline Paranayba, apresentou os resultados do projeto que avaliou o impacto da educação financeira em cerca de três mil famílias beneficiárias do Bolsa Família.

De acordo com a diretora, após a realização das oficinas sobre o tema, as famílias ampliaram a capacidade de administrar melhor a utilização do dinheiro. Além disso, a ação aumentou em mais de 50% a capacidade de poupar algum recurso. “De fato conseguimos alterar o comportamento das pessoas. Queremos que elas tenham acesso a conhecimento e informações que as auxiliem a mudarem sua condição de vida”, destacou ela.

Caroline Paranayba também ressaltou que, em relação à gestão pública, o investimento utilizado para conhecer de perto o comportamento e a decisão sobre os gastos dos beneficiários foi muito eficiente. Antes de oferecer as oficinas, técnicos do ministério acompanharam cerca de 80 famílias para entender o perfil psicológico e o processo de tomada de decisão relativo aos gastos.

“No nosso caso, a inovação foi a maneira de pensar a política pública. Paramos de achar que os números iriam nos dizer tudo. Tivemos sucesso quando olhamos além dos nossos dados. Deixamos a experiência de gabinete de lado e mergulhamos neste universo para entender o indivíduo”, explicou.

Progredir – Coordenado pelo MDS, o Progredir é um conjunto de ações articuladas para facilitar o acesso das pessoas inscritas no Cadastro Único às oportunidades de qualificação, emprego e renda, principalmente as beneficiárias do Bolsa Família. Além dos cursos do Pronatec Oferta Voluntária, a estratégia contará com assistência técnica para autônomos, ações de inclusão digital e educação financeira. Também serão ofertados até R$ 3 bilhões anuais em microcrédito, por meio de parcerias com instituições financeiras, para fortalecer pequenos negócios.

De acordo com o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, o objetivo é fazer com que as famílias de baixa renda conquistem autonomia e melhorem de vida. “Quem está no Bolsa Família precisa e quer progredir na vida. Temos que oportunizar a essas famílias um futuro melhor, por isso, criamos este conjunto de ações”, afirmou.

Semana de Inovação - A iniciativa é organizada pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão em parceria com a Escola Nacional de Administração Pública (Enap). Nesta terceira edição, os temas estão relacionados ao atual movimento de transformação digital pelo qual passa o Governo Federal. O evento segue até quinta-feira (19) com palestras, oficinas, mesa redonda e o compartilhamento de experiências.

*Por Andre Luiz Gomes

Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa