Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2017 > Outubro > Progredir: inscrições em cursos de qualificação são prorrogadas até 3 de novembro

Notícias

Progredir: inscrições em cursos de qualificação são prorrogadas até 3 de novembro

INCLUSÃO PRODUTIVA

Para participar, é preciso ter mais de 15 anos de idade e estar inscrito no Cadastro Único. Nesta esta etapa, mais de 870 mil vagas estão disponíveis
publicado  em 20/10/2017 18h23

Brasília – Foram prorrogadas até 3 de novembro as inscrições para os cursos gratuitos de qualificação profissional do Plano Progredir. Nesta etapa, serão ofertadas cerca de 870 mil vagas em mais de 50 cursos online do Pronatec Oferta Voluntária. Para participar, é preciso estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal e ter mais de 15 anos de idade.

Entre os cursos com maior número de vagas (19.250 cada), estão os de assistente administrativo, representante comercial, vendedor, recepcionista, agente comunitário de saúde e operador de caixa. Os interessados devem se cadastrar no Portal Progredir, do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), no endereço www.mds.gov.br/progredir. Ao concluir o cadastro, será possível fazer a pré-matrícula no curso escolhido. A confirmação da inscrição será enviada ao candidato, de acordo com o e-mail cadastrado, pelo Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional de Tecnológica (Sistec).

O Pronatec Oferta Voluntária é uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC) que conta com cursos de formação inicial e continuada ou qualificação profissional. As aulas são ministradas por instituições privadas de educação profissional e tecnológica, que se candidatam a ofertar os cursos de forma voluntária, não recebendo, portanto, repasses financeiros do MEC.

Progredir – Coordenado pelo MDS, o Progredir é um conjunto de ações articuladas para facilitar o acesso das pessoas inscritas no Cadastro Único às oportunidades de qualificação, emprego e renda, principalmente as beneficiárias do Bolsa Família. Além dos cursos do Pronatec Oferta Voluntária, a estratégia contará com assistência técnica para autônomos, ações de inclusão digital e educação financeira. Também serão ofertados até R$ 3 bilhões anuais em microcrédito, por meio de parcerias com instituições financeiras, para fortalecer pequenos negócios.

De acordo com o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, o objetivo é fazer com que as famílias de baixa renda conquistem autonomia e melhorem de vida. “Quem está no Bolsa Família precisa e quer progredir na vida. Temos que oportunizar a essas famílias um futuro melhor, por isso, criamos este conjunto de ações”, afirmou.

Para valorizar iniciativas municipais de geração de emprego e renda, o MDS também terá uma premiação específica. O Prêmio Progredir irá escolher as melhores propostas de inclusão produtiva de cada região do país. O edital deverá ser lançado em breve.

 *Por Debora Schuch

 Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

 Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505