Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2017 > Outubro > Curso Orienta Plansan continua com inscrições abertas até o dia 31

Notícias

Curso Orienta Plansan continua com inscrições abertas até o dia 31

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

Voltado para gestores, técnicos e representantes da sociedade civil, o conteúdo está disponível na modalidade Ensino a Distância (EaD)
publicado  em 05/10/2017 15h39
Divulgação

Brasília – Gestores, técnicos e representantes da sociedade civil podem fazer o curso Orienta Plansan até o dia 31 deste mês. Elaborado pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), o treinamento na modalidade Ensino a Distância (EaD), com duração de 30 horas, mostra como devem ser elaborados os planos estaduais, distrital e municipais de segurança alimentar e nutricional.

Até o momento, 2.412 participantes estão fazendo o curso. Dividido em três módulos, o Orienta Plansan traz um conteúdo claro e simples. Além de aulas interativas, a plataforma disponibiliza exercícios de fixação, fórum e biblioteca virtual. Para participar, o interessado deve se cadastrar no site http://www.mds.gov.br/ead e fazer a inscrição.

O plano de segurança alimentar e nutricional é o principal instrumento da política de segurança alimentar e nutricional. Nele, são previstas, por exemplo, as diferentes ações de governo para a proteção e a promoção do Direito Humano à Alimentação Adequada. A construção do documento é pactuada quando um Estado ou município confirma adesão ao Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Sisan).

O Orienta Plansan é uma iniciativa do MDS, por meio da Secretaria Nacional de Segurança Alimentar (Sesan) e em parceria com a Secretaria de Avaliação e Gestão da Informação (Sagi).

Acesse aqui o Portal EaD do MDS

Como funciona o curso:
O primeiro módulo do Orienta Plansan traz a conceituação histórica do Sisan, além de apresentar a estrutura do sistema e os procedimentos para a adesão.

Já o segundo módulo abrange o processo de elaboração do Plansan e o papel estratégico das instâncias de governo (câmaras de segurança alimentar e nutricional) e da sociedade civil (conselhos de segurança alimentar) no processo de construção dos planos. Além disso, discute o papel do plano na política de segurança alimentar e nutricional.

No último módulo, o participante vai aprender sobre a metodologia e o passo a passo de como elaborar um plano – diretrizes, desafios, temas, programas e monitoramento.

A certificação do curso é gratuita e será concedida para quem obter 60% ou mais de aproveitamento na avaliação final.

Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa