Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2017 > Novembro > Osmar Terra destaca que fortalecer legislação é fundamental na luta contra as drogas

Notícias

Osmar Terra destaca que fortalecer legislação é fundamental na luta contra as drogas

POLÍTICAS PÚBLICAS

Ministro participou nesta quinta-feira (23) de um congresso sobre o tema na capital de Tocantins
publicado  em 23/11/2017 15h46
Foto: Rafael Zart/MDS

Palmas (TO) – O ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, participou nesta quinta-feira (23), em Palmas (TO), do Congresso Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas na Contemporaneidade. O evento reuniu pesquisadores, autoridades e a sociedade civil para discutir formas de enfrentar a dependência química.

 Com dados científicos, Terra explicou os danos que as drogas causam no cérebro e na vida dos usuários. O ministro alertou que o país vive uma epidemia de dependência química e que todos os municípios já estão afetados.

 A epidemia, afirmou ele, contribuiu para um problema grave de saúde pública e aumentou a violência e a pobreza extrema. Para ele, é necessário fortalecer as políticas públicas contra as drogas. “O Brasil precisa de uma legislação mais rigorosa em relação às drogas, mais tempo de prisão para o traficante, por exemplo”.

 O ministro afirmou ainda que vem ganhando força o discurso de defesa da legalização das drogas, sem levar em conta dados científicos que provam exatamente o contrário. “Flexibilizar as leis sobre drogas só vai piorar. A experiência em qualquer lugar do mundo é essa”.

 De acordo com o governador de Tocantins, Marcelo Miranda, o problema do uso do álcool e das drogas exige desafios de integração do governo com a sociedade civil para a conscientização da população. “O Brasil, neste momento, precisa de unidade. Temos que dividir as soluções para o problema das drogas com todos os setores da sociedade. Os maiores desafios nesse combate são a conscientização, a educação e o processo terapêutico”.

 O Congresso de Políticas Públicas sobre Drogas na Contemporaneidade segue até esta sexta-feira (24).

 *Por André Luiz Gomes

 

 Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

 Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa