Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2017 > Novembro > Ministro firma pacto pelo desenvolvimento infantil com países latino-americanos

Notícias

Ministro firma pacto pelo desenvolvimento infantil com países latino-americanos

CRIANÇA FELIZ

Durante o Fórum Regional sobre a Primeira Infância, ocorrido em Bogotá, Osmar Terra também recebeu o reconhecimento do governo colombiano pela criação do Criança Feliz
publicado  em 16/11/2017 19h30
Exibir carrossel de imagens Foto: Mauro Vieira/MDS

Brasília - O cuidado com a primeira infância tornou-se questão prioritária na agenda das políticas sociais dos países da América Latina e Caribe. Nesta quinta-feira (16), o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, participou do Fórum Regional sobre a Primeira Infância, realizado em Bogotá, na Colômbia.

Ao falar sobre os avanços e desafios de programas voltados à primeira infância, o ministro brasileiro destacou a importância do investimento nos primeiros anos de vida para a redução da desigualdade e da pobreza. “Estamos em uma caminhada em prol das crianças, iluminada por pesquisas científicas que demostram o impacto enorme destas políticas. Este encontro abre portas para trocarmos informações e conhecimento”, destacou ele.

O objetivo do fórum foi debater ações direcionadas às crianças de famílias de baixa renda. Durante o encontro, representantes de países da América Latina e do Caribe, da sociedade civil, acadêmicos e membros de fundações ligadas ao tema também assinaram uma declaração de pacto pela Agenda Regional para o Desenvolvimento Integral da Primeira Infância.

O documento irá guiar ações e promover a colaboração entre as nações para o fortalecimento de políticas públicas na área. “É importante estabelecer esta agenda baseada em consensos e experiências, inclusive para as avaliações dos programas. Com isso, creio que em pouco tempo toda a América Latina estará trabalhando na mesma direção e acompanhando as crianças desde o período da gestação”, afirmou o ministro.

Entre os itens acordados estão o estabelecimento de metas e a criação de indicadores de desenvolvimento infantil para comparação e acompanhamento de dados entre os países.  Está prevista ainda a construção e consolidação de políticas locais para o fortalecimento de planos e estratégias nacionais com foco na primeira infância.

Fórum Regional sobre a Primeira Infância

 Reconhecimento - Na ocasião, o ministro recebeu ainda os cumprimentos do presidente da República da Colômbia, Juan Manuel Santos, pelo reconhecimento do compromisso do governo brasileiro com o tema a partir da criação do Programa Criança Feliz.

Coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), o programa visa promover o desenvolvimento integral infantil por meio da visita de profissionais capacitados às famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família e do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Cecília Jones, diretora da Fundação Bernard van Leer, destacou as ações realizadas pelo governo brasileiro. A instituição apoia governos, sociedade civil e empresas para a ampliação de serviços que melhorem a vida das crianças e de suas famílias.

“Muitos dos avanços que ocorreram recentemente na América Latina são frutos da vontade política expressa através de lideranças, como a do ministro Osmar Terra, para a criação de mecanismos concretos e ações voltadas à primeira infância. Nosso desafio agora é universalizar esse tipo de iniciativa e torná-la prioridade na agenda regional”, defendeu a diretora.

Para o diretor de Educação do Diálogo Interamericano, Ariel Fiszbein, desde o início a participação brasileira no diálogo foi fundamental para a construção da agenda de colaboração. “Este processo de discussão começou no Brasil, quando tivemos uma primeira reunião com representantes da fundação Maria Cecilia Souto Vidigal [parceira do Criança Feliz]. Por isso, ter o ministro Osmar Terra conosco é muito importante, até pelo que o seu país representa para a região devido ao seu tamanho, trajetória e pelo desafio que implica a todos a redução da pobreza”, ressaltou.

Nas visitas promovidas pelo Criança Feliz, as famílias recebem informações sobre como estimular o desenvolvimento dos filhos, com foco em temas como saúde, educação, cultura e garantia de direitos. Até o momento, 2.623 municípios aderiram à iniciativa. A visitação domiciliar já ocorre em 1.254 municípios. A expectativa do governo federal é de atender a cerca de 4 milhões de crianças até 2018.

 *Por Diego Queijo

 Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa