Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2017 > Novembro > Ministro debate ações do Criança Feliz com multiplicadores e coordenadores do programa

Notícias

Ministro debate ações do Criança Feliz com multiplicadores e coordenadores do programa

Graças ao apoio dos gestores estaduais, 5.808 visitadores já estão chegando aos domicílios das famílias mais vulneráveis e orientando os pais no desenvolvimento infantil
publicado  em 28/11/2017 16h49
Foto: Rafael Zart/MDS

Brasília – Trocar experiências e conhecer as gestões de sucesso. Esse é o objetivo do Encontro dos Multiplicadores e Coordenadores do Criança Feliz, que teve início segunda-feira (27). Durante três dias, gestores estaduais e do Distrito Federal irão fazer um balanço do programa e debater o que precisa melhorar na implantação das ações que buscam promover o desenvolvimento infantil no país.

Nesta terça-feira (28), o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, participou do primeiro painel do dia e destacou o papel importante dos estados na execução do programa nos municípios. O secretário de nacional de Promoção do Desenvolvimento Humano do ministério, Halim Girade, também estava presente no evento.

Graças ao apoio dos multiplicadores, 5.808 visitadores já estão chegando aos domicílios das famílias mais vulneráveis do Brasil, orientando os pais sobre a melhor forma de estimular o desenvolvimento integral de seus filhos. “O Criança Feliz está acontecendo nos estados muito em função do empenho e da maneira apaixonada como eles tratam o programa. Para o futuro do Brasil isso é muito importante. As crianças nascem de maneira semelhante, mas a primeira infância as diferencia para sempre. Foi um lema que eu vi na Colômbia e acho muito adequado ao que estamos fazendo”, enfatizou o ministro.

As ações do Criança Feliz integram as áreas da saúde, assistência social, cultura, educação e garantia de direitos. Na Paraíba, um dos estados escolhidos para contar sobre a experiência com o programa, a iniciativa é encabeçada pelo Sistema Único de Assistência Social (Suas). O Estado já acompanha quase 13 mil crianças e grávidas, em 134 munícipios.

Segundo a coordenadora do programa na Paraíba, Cristina França, mesmo tendo o Suas como o principal pilar, outras ações são agregadas ao Criança Feliz para que a família seja assistida de forma mais completa. “No fim do ano vamos lançar um diagnóstico com um panorama dos serviços em nosso Estado, para que a gente possa exigir essa intersetorialidade. Entendemos que o programa não funciona sem as outras políticas”.

Ela afirmou ainda que as famílias estão buscando os municípios para participar do Criança Feliz. “Eu fico muito feliz quando recebo dos meus supervisores mensagens dizendo que as pessoas os procuraram para aderir ao programa”.  No encontro, a coordenadora também apresentou uma música feita pelos supervisores e visitadores da região.

Ouça aqui a música composta pelos supervisores e visitadores do Criança Feliz na Paraíba

Leia aqui o poema Primeira infância, primeiros socorros, do professor e poeta piauiense Raimundo Clementino Neto, recitado durante o evento.

Programa - O Criança Feliz tem, entre os objetivos, estimular o desenvolvimento infantil na primeira infância. O programa é coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) e acompanha os beneficiários do Bolsa Família desde a gestação até os 3 anos de idade. Para as famílias que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC), o atendimento das crianças ocorre até os 6 anos de idade. Até o momento, 2.624 municípios aderiram à iniciativa e a visitação domiciliar já ocorre em 1.371 deles.

*Por Pamela Santos

Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa