Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2017 > Novembro > MDS promove oficina sobre o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos

Notícias

MDS promove oficina sobre o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos

ASSISTÊNCIA SOCIAL

Encontro busca construir propostas para qualificar a oferta do Sistema Único de Assistência Social (Suas) e ampliar atenção integral à família
publicado  em 13/11/2017 19h52
Foto: Rafael Zart/MDS

Brasília – Qual o papel da família e da comunidade no desenvolvimento integral da criança? Para discutir o tema e construir propostas para qualificar o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) reuniu, nesta segunda-feira (13), gestores estaduais e municipais, além de especialistas na área da primeira infância. O encontro segue até esta terça-feira (14) em Brasília. 

O serviço, voltado ao ciclo de vida de 0 a 6 anos, compõe uma rede já instalada no Brasil, além de integrar as ofertas do Sistema Único de Assistência Social (Suas) e complementar as ações do Programa Criança Feliz, que acompanha os beneficiários do Bolsa Família até os três anos e do Benefício de Prestação Continuada (BPC) até os seis anos, por meio de visitas domiciliares. 

De acordo com a diretora de Proteção Básica do MDS, Renata Ferreira, a agenda da primeira infância tem sido desafiadora para o Suas. “Essa agenda também tem mobilizado a rede de proteção social para a atuação intersetorial, integrada com as demais políticas, convergindo para um objetivo compartilhado”.

Ela reforçou que o redesenho do serviço de convivência – com a construção de parâmetros alinhados ao Marco Legal da Primeira Infância e ao Criança Feliz – demarcará a responsabilidade da política da assistência social na atenção integral à família.

Especialista na área de primeira infância, a coordenadora de Conhecimento Aplicado da Fundação Maria Cecília Souto Vidigal, Marina Fragata Chicaro, destacou que o SCFV tem um papel-chave nas ações de desenvolvimento infantil, como o Criança Feliz. “O foco do serviço é justamente fortalecer os vínculos, elemento muito importante para o desenvolvimento da criança. O serviço pode ser um fortalecedor de atitudes positivas nessa interação da família com a criança", avaliou.

Para a representante de Roraima, Cleudionice Gonçalves, 32 anos, o encontro ajudará os gestores a conseguir mais informações sobre os processos de atendimento para a faixa etária de 0 a 6 anos e, assim, melhorar a oferta do serviço. "Depois do reordenamento, surgiu a demanda de mais atenção para a primeira infância. Nós, dos Estados e municípios, junto com o governo federal, precisamos melhorar as metodologias e construir novas”, afirmou.

Saiba mais

O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) de 0 a 6 anos é uma oferta do Suas para apoiar as famílias na função protetiva para o desenvolvimento infantil. Atua no fortalecimento dos vínculos intrafamiliar e comunitário, por meio de atividades em grupo, envolvendo o núcleo familiar e potencializando os vínculos afetivos e parentais. Segundo pesquisas, um dos aspectos mais importantes para o desenvolvimento humano são as interações dos pais ou cuidadores com as crianças.


*Por Pamela Santos

Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa