Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2017 > Novembro > Caisan divulga compromissos para a Década de Ação para a Nutrição

Notícias

Caisan divulga compromissos para a Década de Ação para a Nutrição

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

Publicação foi apresentada pelo governo federal na 44ª Sessão do Comitê de Segurança Alimentar Mundial (CSA), das Nações Unidas
publicado  em 01/11/2017 19h14
Foto: Lia de Paula/MDS

Brasília – Os compromissos do governo brasileiro para a Década de Ação das Nações Unidas para a Nutrição (2016-2025) estão elencados em uma publicação divulgada pela Câmara Interministerial de Segurança Alimentar e Nutricional (Caisan), coordenada pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS). O documento foi apresentado, em outubro, durante a 44ª Sessão do Comitê de Segurança Alimentar Mundial (CSA), das Nações Unidas, em Roma (Itália).

A diretora de Estruturação e Integração dos Sistemas Públicos Agroalimentares do MDS, Patrícia Gentil, explica que os 38 compromissos assumidos pelo Brasil, alinhados às metas do Plano Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Plansan), têm por objetivo contribuir para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs).

“Entendemos que as agendas da década e dos ODSs estão relacionadas e que a articulação de respostas intersetoriais e participativas às questões apresentadas se insere no contexto mais amplo de implementação da Agenda 2030”.

Pactuado com 20 ministérios e secretarias, o Plansan traz um conjunto de 121 metas e 99 ações estruturadas a partir dos grandes desafios voltados aos hábitos alimentares da população brasileira. “O Brasil agrupou em seis pilares as 60 recomendações do Plano de Ação da Segunda Conferência Internacional de Nutrição. Tudo isso dialoga com os nove desafios propostos pelo Plansan”.

Confira aqui a publicação

Qualidade da alimentação – O Brasil tem se comprometido em diversos fóruns internacionais com a melhora da qualidade da alimentação e a promoção de um sistema alimentar sustentável. Segundo Patrícia, a construção de um sistema público de segurança alimentar e nutricional, organizado sob os pilares da intersetorialidade e da participação social, “é a melhor forma de se atingir esses compromissos”. 

Ações que impeçam o crescimento da obesidade, como a regulamentação da publicidade de alimentos e a taxação de refrigerantes e bebidas açucaradas, também estão elencadas no documento Compromissos do Brasil para a Década de Ação das Nações Unidas para a Nutrição (2016-2025). Atualmente, 60% dos brasileiros estão com sobrepeso e 20%, obesos. Além disso, um terço das crianças está acima do peso.

Outro destaque é a articulação de redes de ação para a agenda de compras públicas, governança de segurança alimentar e nutricional, redução do sódio e guias alimentares, que deverão funcionar durante a década da nutrição.

*Por Rejane Gomes

Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:

Ascom/MDS
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa