Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2017 > Março > Sergipe é o mais novo estado a formalizar a adesão ao Criança Feliz

Notícias

Sergipe é o mais novo estado a formalizar a adesão ao Criança Feliz

PRIMEIRA INFÂNCIA

Governo estadual e 64 municípios aderiram ao programa. Na primeira fase, serão beneficiadas quase 10 mil famílias
publicado  em 21/03/2017 14h46
Foto: Patrick Grosner/MDSA

Aracaju (SE) – Sergipe formalizou nesta terça-feira (21) a adesão ao Criança Feliz. Durante o lançamento oficial no Estado, 64 municípios sergipanos também aderiram ao programa. O ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, esteve em Aracaju para a cerimônia de assinatura das adesões. Também participaram do evento o governador  do Estado, Jackson Barreto, secretários, parlamentares, prefeitos e trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social (Suas).

Nesta primeira fase, o Criança Feliz vai beneficiar quase 10 mil famílias em Sergipe. Na ocasião, Terra explicou as razões científicas do programa e as ações que serão desenvolvidas. Segundo o ministro, o programa vai garantir aos pais o apoio necessário para que eles possam estimular o desenvolvimento de todo o potencial dos filhos, formando adultos menos violentos e melhor preparados para vencer a pobreza.

“O Criança Feliz é um programa que vai trabalhar com desenvolvimento humano, as competências, desenvolver as habilidades e competências das crianças de zero a três  anos. Esse é o período crítico onde todos os seres humanos desenvolvem as suas habilidades. Os primeiros mil dias de vida são decisivos”, destacou.

O ministro também falou sobre os recursos do programa. “Além dos repasses, vamos pagar também o salário do visitador, do multiplicador e do supervisor. Esse recurso será repassado integralmente pelo ministério para o município, fundo a fundo. Portanto, o município não terá despesa desse programa especificamente”. O secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA), Caio Rocha, acompanhou o ministro Osmar Terra na cerimônia.

O governador do Estado, Jackson Barreto, disse que investir nos cuidados com a criança deve ser uma das principais preocupações de um governante. “Vamos beneficiar 7.500 crianças do Bolsa Família. Elas terão uma assistência mais direta de promoção à vida e à saúde. Temos que ter uma preocupação com as novas gerações para garantir o futuro do país. O poder público tem a obrigação, a responsabilidade e o compromisso social”.

Em todo o país, 2.547 municípios já aderiram ao Criança Feliz. O programa terá como ponto central a visitação domiciliar. Técnicos capacitados irão até as casas das famílias para mostrar aos pais a maneira correta de estimular o desenvolvimento dos filhos, principalmente nos primeiros mil dias de vida da criança. Serão acompanhadas pelo programa as crianças beneficiárias do Bolsa Família até os três anos de idade e aquelas que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) até os seis anos.

Osmar Terra lança Programa Criança Feliz em Sergipe - 21/03/2017

 Informações sobre os programas do MDSA:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDSA
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa