Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2017 > Março > Osmar Terra lança Criança Feliz em mais dois estados

Notícias

Osmar Terra lança Criança Feliz em mais dois estados

Ministro formalizou nesta quarta-feira (8) a adesão do Rio Grande do Norte e da Paraíba ao programa; iniciativa tem foco no desenvolvimento infantil integral
publicado  em 08/03/2017 18h34
Foto: Patrick Grosner/MDSA

Natal (RN), João Pessoa (PB) – O ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, formalizou nesta quarta-feira (8) a adesão do Rio Grande do Norte e da Paraíba ao Criança Feliz, em visita aos dois Estados. O programa irá promover o desenvolvimento infantil integral de crianças de 0 a 3 anos beneficiárias do Bolsa Família e as de até 6 anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC).  

No Rio Grande do Norte, 127 municípios irão participar do programa, que atenderá cerca de 18 mil famílias. Já na Paraíba, 167 municípios aderiram ao Criança Feliz, o que deve beneficiar aproximadamente 20 mil famílias no Estado.

“É no inicio da vida que se desenvolvem todas as competências humanas. O programa vai apoiar as famílias para que possam estimular seus filhos da melhor forma para que eles desenvolvam essas competências. Uma criança que está num ambiente pobre de estímulo vai chegar aos 4 anos com 20 vezes menos vocabulário”, destacou Terra.

De acordo com o governador do Rio Grande do Norte, Robinson de Faria, o governo estadual desenvolveu um software de vigilância socioassistencial para facilitar a localização das famílias que podem ser inseridas no programa. “Entendemos a importância do programa porque o cuidado no início da vida é fundamental para o restante da caminhada de qualquer pessoa. Queremos fortalecer esse programa no nosso estado”, afirmou.

O prefeito de Caicó (RN), Robson Araújo, um dos municípios que aderiu ao programa, destacou a importância da parceria com o governo federal. “Com o Criança Feliz, daremos um grande salto, principalmente nos dias de hoje, em que há muita violência. Certamente daremos dias melhores para nossas crianças.”

Para a vice-governadora da Paraíba, Lígia Feliciano, a qualificação dos visitadores terá papel central na efetividade das visitas domiciliares. “É fundamental a qualificação, por meio da capacitação, das pessoas que vão trabalhar no Criança Feliz. Temos certeza que na Paraíba vamos fazer uma boa qualificação pra que não seja só um plano, mas a realização de um sonho de ver nossas crianças sendo cuidadas”, ressaltou.

Criança Feliz – Em todo o país, 2.529 municípios aderiram ao Criança Feliz, que é coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA). O programa terá como ponto central a visitação domiciliar. As famílias serão acompanhadas por profissionais capacitados que farão visitas periódicas para estimular o desenvolvimento infantil. “Hoje, a assistência social faz 3,5 milhões de visitas por ano. Com o programa Criança Feliz, vamos chegar a 4 milhões de visitas semanais”, disse Terra.

O Programa Criança Feliz fortalece o Marco Legal da Primeira Infância, que completa um ano de existência nesta quarta-feira. O marco foi instituído pela Lei 13.257, que representa um importante avanço nas políticas públicas voltadas para o início da vida. Pela primeira vez, o país estruturou um projeto integrado com várias áreas como a saúde, educação, assistência social, cultura e meio ambiente.

>

Informações sobre os programas do MDSA:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDSA
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa