Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2017 > Março > Carminha Brant discute serviços do Suas para comunidades tradicionais na Amazônia

Notícias

Carminha Brant discute serviços do Suas para comunidades tradicionais na Amazônia

PROTEÇÃO SOCIAL

Encontro com gestores estaduais da Assistência Social, em Belém (PA), ocorreu de forma paralela ao Seminário Pan-Amazônico de Proteção Social
publicado  em 30/03/2017 15h13

Belém – A secretária Nacional de Assistência Social, Carminha Brant, se reuniu nesta quarta-feira (29), em Belém (PA), com gestores estaduais da Região Amazônica para discutir a oferta de serviços do Sistema Único de Assistência Social (Suas) a povos e comunidades tradicionais. O encontro ocorreu de forma paralela ao Seminário Pan-Amazônico de Proteção Social, que reúne representantes de oito países: Brasil, Suriname, Bolívia, Colômbia, Equador, Guiana Francesa, Peru e República da Guiana.

Os Estados apontaram a necessidade de ampliar as equipes volantes que promovem o serviço de busca ativa e que têm contato direto com as comunidades ribeirinhas, indígenas, extrativista e outras. Além disso, os gestores solicitaram a construção de novos Centros de Referência Especializados da Assistência Social (Creas), para que essas populações tenham prioridade nas ações de proteção social na região.

Para Carminha Brant, a participação dos Estados no debate é fundamental para que os serviços cheguem, de fato, a quem mais necessita. A secretária informou que um novo encontro com os representantes dos Estados da Amazônia Legal será realizado em junho. “Queremos propor um acordo com as iniciativas que eles vão nos trazer”, destacou.

 Segundo o coordenador do Programa Pará Social, Heitor Pinheiro, esse é o momento para se fazer uma análise do papel da gestão estadual no Suas. “Como gestores de Estado, acreditamos que precisamos rever algumas responsabilidades e atribuições”, afirmou.

 Evento – O Seminário Pan-Amazônico, que segue até esta sexta-feira (31), é promovido pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) em parceria com Banco Mundial, Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), Agência Alemã de Cooperação Internacional (GIZ), Iniciativa Brasileira de Aprendizagem por um Mundo sem Pobreza (WWP), Marinha do Brasil, Secretaria de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda do Pará e prefeituras de Belém, Barcarena e Acará.

 Informações sobre os programas do MDSA:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDSA
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa