Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2017 > Junho > Fábrica Social do DF seleciona alunos para cursos profissionalizantes

Notícias

Fábrica Social do DF seleciona alunos para cursos profissionalizantes

DESENVOLVIMENTO SOCIAL

Programa de inclusão oferece 1.450 vagas em cinco modalidades para pessoas que estejam no Cadastro Único; inscrições seguem até 26 de junho
publicado  em 06/06/2017 16h50

Brasília – O governo de Brasília lançou na segunda-feira (5) um processo seletivo para cinco cursos através da Fábrica Social. O programa de inclusão socioprodutiva do Distrito Federal é voltado para pessoas em situação de vulnerabilidade inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. Ao todo, são oferecidas 1.450 vagas. O período de inscrições já está aberto e segue até 26 de junho. 

De acordo com o subsecretário de Integração das Ações Sociais da Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos do DF, Celio Silva, o objetivo da Fábrica Social é criar oportunidades concretas de inserção no mercado de trabalho para quem mais precisa. “A utilização do Cadastro Único visa a focar a atenção do programa para promover educação profissional aos mais vulneráveis da população. Ele é o principal requisito de seleção”, destacou.

Acesse o edital aqui

Os cursos oferecidos são de Confecção de Vestuário, Acessórios e Materiais Esportivos (1.000 vagas), Instalação e Manutenção de Placas Fotovoltaicas – painéis solares (150 vagas), Produção e Cultivo de Alimentos Saudáveis em Meio Urbano – hortas urbanas (150 vagas), Marcenaria com Madeiras Recicláveis (100 vagas) e Construção Civil (50 vagas).

Além da inscrição no Cadastro Único, os interessados precisam residir no Distrito Federal, ter renda familiar de até R$ 170,00 por pessoa, idade mínima de 16 anos e não ter participado de nenhuma capacitação ou qualificação do Programa Fábrica Social. Vagas especiais são destinadas ainda a pessoas com deficiência, idosos e adolescentes em conflito com a lei.

Inscrição – Os interessados podem se inscrever até o dia 26 de junho pelo número 0800-6459-445, das 7h às 19h – inclusive sábados, domingos e feriados. A ligação é gratuita, tanto de telefones fixos quanto de celulares. A seleção será feita por meio de sorteio público, no dia 18 de julho.

Das 1.450 vagas, 85% são destinadas ao cadastro geral, 5% a pessoas com deficiência, 5% a idosos (60 anos ou mais) e 5% a adolescentes em conflito com a lei – de 14 a 18 anos incompletos – que já cumpriram medida socioeducativa ou estejam cumprindo, em regime semiaberto ou aberto.

Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa