Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2017 > Julho > Ministro apresenta políticas sociais brasileiras no Chile

Notícias

Ministro apresenta políticas sociais brasileiras no Chile

DESENVOLVIMENTO SOCIAL

Durante encontro em Santiago, Osmar Terra reforçou que Brasil implementa políticas para o desenvolvimento da população mais carente
publicado  em 03/07/2017 19h53
Exibir carrossel de imagens Foto: Mauro Vieira/MDS

Santiago, Chile – O ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, apresentou nesta segunda-feira (3) as políticas sociais brasileiras, como o Programa Criança Feliz e o Bolsa Família, durante a Reunião de Alto Nível sobre a Estratégia Mundial para a Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente na América Latina e Caribe.

No encontro, promovido no Palácio La Moneda, sede do governo chileno, representantes de vários países trocam até esta terça-feira (4) experiências que promovam o empoderamento e a saúde de mulheres, crianças e adolescentes. O objetivo é planejar ações para a região até 2030.

Segundo Osmar Terra, o encontro é essencial para que os governos compartilhem experiências e resultados. Ao falar das ações coordenadas pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), ele ressaltou a importância da integração dos programas voltados à população mais carente. Também falou sobre o Programa Criança Feliz e as ações de inclusão produtiva dos beneficiários do Bolsa Família, que serão lançadas nos próximos meses.

“Estamos trabalhando no Brasil com políticas de desenvolvimento humano, mas tudo isso tem que se integrar para que as pessoas possam ser donas do seu destino e não tenham que depender, no futuro, de políticas de transferência de renda. Elas têm que ter um protagonismo na sua vida e na sua família. No momento, os programas sociais podem ser o trampolim para chegar a esse ponto”, afirmou.

Na ocasião, Terra destacou a sensibilidade política do Chile, país governado pela presidente Michelle Bachelet. “Tenho muita admiração pela presidente Bachellet. É uma mulher com muita sensibilidade social e é uma das pessoas que marcam a história da América Latina”.

Anfitriã do evento, Bachelet falou sobre a importância dos governos em apoiar e estimular o protagonismo feminino. “É fundamental que a América Latina discuta questões relacionadas às mulheres, crianças e adolescentes, sobretudo porque constituímos uma sociedade plural e diversa”. Em seu governo, a presidente lançou o programa “Chile Crece Contigo”, que acompanha o desenvolvimento de crianças desde a gestação até o ingresso no sistema escolar.

Reunião de Alto Nível sobre a Estratégia Mundial para a Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente na América Latina e Caribe

O Criança Feliz foi destacado no evento pela diretora de programas da Fundação Bernard van Leer, da Holanda, Cecília Vaca Jones, como referência em ação. O programa tem como foco as visitas domiciliares. Técnicos capacitados irão até as casas das famílias para mostrar aos pais a maneira correta de estimular o desenvolvimento dos filhos, principalmente nos primeiros mil dias de vida.

Para a diretora, o panorama das políticas sociais da América Latina “segue melhorando, mas tem desafios enormes”. “Quero dar destaque ao programa brasileiro Criança Feliz e ao esforço que o ministro Osmar faz pela primeira infância. Acredito que essa é a forma de erradicar as brechas que ainda existem nessa região”.

Também participam do encontro o secretário nacional de Promoção do Desenvolvimento Humano, Halim Girade, e representantes do Banco Mundial, Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal), Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (Opas/OMS), Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e órgãos com ações voltadas às mulheres, crianças e adolescentes.

A Reunião de Alto Nível sobre a Estratégia Mundial para a Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente na América Latina e Caribe é realizada pelo movimento global Every Woman Every Child (EWEC), que mobiliza e intensifica a ação internacional para abordar os principais desafios de saúde que enfrentam as mulheres, crianças e adolescentes.

Experiência – O ministro Osmar Terra se reuniu nesta segunda-feira (3) com o ministro do Desenvolvimento Social do Chile, Marcos Barraza Gómez. Na ocasião, Terra apresentou as políticas brasileiras voltadas às crianças, adolescentes, idosos e povos e comunidades tradicionais.

Gómez falou sobre as ações integradas do governo chileno. No programa para idosos, por exemplo, os cuidados domiciliares são desenvolvidos por cuidadores – principalmente mulheres – formados pelo Ministério do Trabalho, o que aumenta a empregabilidade no país.

Na audiência, o ministro Osmar Terra disse que voltará ao Chile em setembro para conhecer mais detalhes dos programas. Já em novembro, Gómez virá ao Brasil.

Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa