Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2017 > Julho > Agricultores do RS têm novas oportunidades para vender para órgãos do governo federal

Notícias

Agricultores do RS têm novas oportunidades para vender para órgãos do governo federal

AGRICULTURA FAMILIAR

São cinco chamadas públicas abertas para aquisição de alimentos da agricultura familiar por meio da Compra Institucional do PAA. No total, serão investidos mais de R$ 2,7 milhões
publicado  em 25/07/2017 20h23

Brasília – Agricultores familiares do Rio Grande do Sul precisam ficar atentos às oportunidades de aumentar a renda com a comercialização dos seus produtos para órgãos do governo federal. Estão abertas cinco chamadas públicas no valor total de mais de R$ 2,7 milhões para aquisição de frutas, legumes, verduras e outros alimentos. As compras serão feitas por meio da modalidade Compra Institucional do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS). 

A maior chamada pública é do Depósito de Subsistência do Exército, no município de Santo Ângelo (RS). A unidade espera comprar 486 toneladas entre arroz, farinha, feijão, leite, óleo e sucos. O investimento previsto é de R$ 2,3 milhões. As propostas podem ser enviadas até o dia 1º de agosto.

A coordenadora-geral de Aquisição e Distribuição de Alimentos do MDS, Hetel Santos, destacou o papel do ministério para o desenvolvimento da cadeia produtiva local.

 “Essa iniciativa é muito importante porque temos no Rio Grande do Sul vários órgãos da União, principalmente ligados ao Exército e à Educação, e empreendimentos da agricultura familiar em condições de atender às demandas. O papel do MDS neste contexto é de aproximar e qualificar a oferta, encurtando a cadeia e promovendo alimentação saudável e geração de renda na economia local”, afirmou.

 Em Pelotas, no sul do Estado, o 9º Batalhão de Infantaria Motorizado do Exército espera adquirir R$ 254 mil em produtos hortifrutigranjeiros. O prazo final para envio das propostas de venda pelos produtores é 3 de agosto.

 Já em Santa Maria, na região central do Rio Grande do Sul, o Parque de Manutenção do Exército está com chamada aberta para investir R$ 77 mil em produtos da agricultura familiar. Quem quiser participar pode enviar propostas até o dia 27 de julho.

 Na capital gaúcha, duas unidades também estão com chamadas públicas abertas. O campus Restinga do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul deve adquirir R$ 89 mil em alimentos. O prazo para envio das propostas vai até 31 de julho. Já o Colégio Militar de Porto Alegre investirá R$ 41 mil. A data limite para recebimento de propostas é 7 de agosto.

 Um decreto do governo determina que pelo menos 30% dos alimentos adquiridos por órgãos públicos federais venham da agricultura familiar. O MDS está trabalhando para que os órgãos públicos ampliem este tipo de compra. Para saber mais sobre as chamadas públicas abertas em todo o país, é só acessar o portal www.comprasagriculturafamiliar.gov.br

 Modalidade – Na Compra Institucional do PAA, os agricultores familiares conseguem comercializar, de forma simplificada, seus produtos. O modelo fortalece a agricultura familiar e promove o acesso da população à alimentação de qualidade. Para os órgãos, é a oportunidade de receber produtos típicos da região, frescos e diversificados, colaborando com o desenvolvimento local.

 Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa