Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2017 > Janeiro > MDSA vai integrar ações do Plano Nacional de Segurança

Notícias

MDSA vai integrar ações do Plano Nacional de Segurança

Políticas sociais

Em reunião no Ministério da Justiça e Cidadania, Osmar Terra propôs que os Centros de Referência Especializados ampliem as ações de identificação de situações de violência
publicado  em 17/01/2017 19h44
Foto: Patrick Grosner/MDSA

Brasília – O Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) vai integrar as ações de enfrentamento à violência do Plano Nacional de Segurança, anunciadas nesta terça-feira (17) pelo Ministério da Justiça e Cidadania. A proposta prevê a atuação conjunta do governo federal, estados e municípios para a redução da criminalidade.

O ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, participou da reunião promovida pelo ministro da Justiça e Cidadania, Alexandre de Moraes, com secretários estaduais da área de segurança pública. “Estamos vivendo uma epidemia. O governo federal, os estados e municípios devem atuar juntos para mudarmos essa realidade”, afirmou Terra.

A estratégia terá início em Porto Alegre (RS), Aracaju (SE) e Natal (RN) e envolve áreas como segurança, saúde, educação, cultura e assistência social. Nestas cidades, foram mapeadas as áreas com maior incidência de criminalidade.

Terra propôs que os Centros de Referência Especializados ampliem as ações de identificação de situações de violência, principalmente contra a mulher e crianças. “Podemos, inclusive, focalizar nesses estados e aumentar o número de abrigos para essas pessoas que estão em situação de risco. Temos que atender melhor essa população”, defendeu.

Para o ministro, a repressão ao crime precisa ser complementada pela presença do estado na prevenção ao uso de drogas, oferta de assistência social e oportunidades que permitam a essas comunidades se distanciarem da criminalidade. O ministro se comprometeu ainda a priorizar as áreas mais vulneráveis das três cidades na implantação de ações de geração de emprego e renda focadas principalmente nos jovens.

O Plano Nacional de Segurança prevê a atuação conjunta das forças de segurança dos estados com a Força Nacional de Segurança, Polícia Federal, Polícia Rodoviária federal e órgãos de inteligência da União.

 

Informações para a imprensa:
Ascom/MDSA
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa