Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2017 > Fevereiro > Ministro pede apoio de secretários estaduais e municipais na execução do Criança Feliz

Notícias

Ministro pede apoio de secretários estaduais e municipais na execução do Criança Feliz

ASSISTÊNCIA SOCIAL

Osmar Terra destacou a importância do programa e a necessidade de unir esforços para implementá-lo durante reunião da Comissão Intergestores Tripartite (CIT), em Brasília
publicado  em 22/02/2017 17h42
Foto: Mauro Vieira/MDSA

Brasília – O ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, pediu nesta quarta-feira (22) o empenho dos secretários e gestores estaduais e municipais de Assistência Social para a implementação do Programa Criança Feliz. Foi durante reunião da Comissão Intergestores Tripartite (CIT), em Brasília. Na ocasião, Terra ressaltou a necessidade de mobilização de todos os gestores para o sucesso da política de desenvolvimento infantil lançada pelo governo federal.

Segundo o ministro, o momento é de trabalho conjunto. “Estamos na fase de impulsionar os programas, o que exige boa vontade de todo mundo. Criar programas em nível nacional em um curto período de tempo é sempre um desafio muito grande, mas nós temos certeza de que os governos também estão interessados”, disse.

Terra apresentou os números da adesão ao Programa Criança Feliz, que já soma 2.529 municípios. Ele também destacou a importância da convergência de esforços entre áreas como saúde, educação e cultura para o sucesso do programa. “A questão da infância é crucial e hoje, com o conhecimento que se tem sobre a importância dos primeiros anos no restante da vida das pessoas, é fundamental que se avance o mais rápido possível. Com todos juntos, vamos fazer esse programa acontecer bem antes do esperado”, garantiu.

A presidente do Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas), Vanda dos Santos, avaliou que a presença do ministro na reunião ajudou a esclarecer dúvidas sobre a implementação do programa nos municípios. “É nos municípios que surgem as demandas, por isso, estamos trabalhando para fortalecer o pacto federativo na perspectiva do apoio, do assessoramento técnico e do cofinanciamento, para que a gente possa efetivamente estar levando proteção social para a população brasileira”, afirmou.

Já o presidente do Fórum Nacional de Secretários(as) de Estado da Assistência Social (Fonseas), Josbertini Clementino, saudou a criação do Criança Feliz e a construção de novas agendas de trabalho. “Nós temos boas expectativas e queremos fazer mais reuniões para externar nossas preocupações, sugestões e oportunidades de melhoria no programa, que é muito bem-vindo para as crianças brasileiras”, concluiu.

Balanço – No encontro, o ministro também apresentou um relatório das atividades realizadas desde que assumiu o comando da pasta, no ano passado, e ouviu demandas da Assistência Social. Entre os avanços, estão o fim da fila de espera para ingresso no Bolsa Família e a quitação de débitos referentes a 2014 e 2015. Sobre as perspectivas do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) para 2017, Terra mencionou a ampliação de recursos para a Proteção Social Básica e o lançamento de um programa específico para promover a autonomia financeira dos beneficiários do Bolsa Família.

Informações sobre os programas do MDSA:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDSA
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa