Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2017 > Agosto > Em reunião no Rio de Janeiro, Terra discute detalhes de plano contra a violência

Notícias

Em reunião no Rio de Janeiro, Terra discute detalhes de plano contra a violência

POLÍTICAS PÚBLICAS

Ações de cunho social estão sob a responsabilidade do ministro e devem começar em setembro; objetivo é melhorar as condições de vida dos moradores de áreas críticas
publicado  em 16/08/2017 18h44
Foto: Mauro Vieira/MDS

Rio de Janeiro – Os detalhes do Plano Emergencial para o Enfrentamento da Violência do Rio de Janeiro foram tema de uma reunião, nesta quarta-feira (16), entre o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, e representantes dos governos estadual e municipal. O encontro, no Palácio Duque de Caxias, na capital fluminense, também contou com a presença autoridades do Comando Militar do Leste e da Marinha.

Com foco na capital e Região Metropolitana, o plano faz parte de uma estratégia nacional de redução da criminalidade. O objetivo é estancar a crise na área e melhorar as condições de vida da população. As ações de cunho social estão sob a responsabilidade do ministro Osmar Terra e devem começar em setembro.

Os trabalhos terão início pelos complexos do Alemão-Penha, Lins, Chapadão e Maré, além da Cidade de Deus e Vila Kennedy. O investimento para reativar as estruturas de atendimento em saúde, educação e assistência social nas áreas críticas será de cerca de R$ 200 milhões.

Além disso, o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) vai dobrar o valor pago aos beneficiários do Programa Bolsa Família no Rio de Janeiro com adolescentes e jovens  entre 12 e 29 anos. A condição é que eles participem de atividades esportivas ou de capacitação profissional no turno oposto ao da escola. O governo federal estima que a ação vá beneficiar 50 mil jovens.

O plano prevê atividades esportivas em 27 unidades das Forças Armadas na capital fluminense para afastar os jovens da criminalidade. A estratégia é uma ampliação do Programa Forças no Esporte – parceria entre os ministérios da Defesa, do Desenvolvimento Social e Esporte, que beneficia mais de 20 mil crianças no país. As ações serão desenvolvidas nas vilas olímpicas, no Parque Olímpico e em centros de treinamento de times de futebol.

A reunião desta quarta-feira teve ainda a participação do secretário de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Social do Estado, Gustavo Tutuca, do secretário municipal de Educação, César Benjamin, e da secretária municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, Maria Teresa Bergher, além de representantes da Casa Civil e Desenvolvimento Econômico do Estado e das secretarias de Saúde estadual e municipal.

Apoio – Mais cedo, o ministro Osmar Terra se reuniu, no Clube Militar no Rio de Janeiro, com representantes do Instituto Guararapes de Educação, Assistência Social e Ações Institucionais, do Exército Brasileiro. Na ocasião, foi discutida uma parceria com a entidade para o desenvolvimento das ações do plano de segurança.

Criado pela Fundação Trompowsky, o Instituto Guararapes oferece ensino profissional para jovens e adultos a fim de formar cidadãos capazes de apoiar projetos de assistência social, educação e desporto. A instituição é parceira do Ministério da Defesa. 

Participaram do encontro o presidente da Fundação Trompowsky, general Sérgio Tavares Carneiro, e a superintendente do Instituto Brasileiro dos Direitos da Pessoa com Deficiência (IBDD), Teresa Costa d'Amaral.

Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa