Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2016 > Outubro > Osmar Terra apresenta novas ações do ministério em reunião do CNAS

Notícias

Osmar Terra apresenta novas ações do ministério em reunião do CNAS

Criança Feliz

Esse foi o primeiro encontro do ministro com a nova diretoria do Conselho
publicado  em 19/10/2016 18h08
Foto: Rafael Zart/MDSA

Brasília – O ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, participou na manhã desta quarta-feira (19) da 248ª Reunião do Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS), em Brasília. Esse foi o primeiro encontro do ministro com a nova diretoria do conselho, eleita em julho de 2016. 

Na reunião, Terra apresentou as ações do Programa Criança Feliz, lançado recentemente pelo governo federal. Para o ministro, o apoio do Conselho na construção das políticas sociais será determinante para o sucesso do programa e para que as ações sejam implantadas com rapidez. 

O Criança Feliz busca fortalecer as políticas públicas para a primeira infância, com visitas domiciliares para crianças de baixa renda. “Nós queremos uma articulação nos estados e municípios para fazer com que esse atendimento das crianças aconteça”, destacou Terra. 

Na avaliação do presidente do CNAS, Fábio Bruni, investir na primeira infância é essencial obter melhores resultados no futuro. “Com o Criança Feliz, temos novas ações para um público que é primordial não só para a área de assistência social, mas como para o futuro do país”, ressaltou. 

Segundo ele, a exposição também foi importante para que os integrantes do Conselho conhecessem melhor as iniciativas do MDSA. “Foi bem positivo as informações que o ministro trouxe para a recomposição do orçamento da assistência social, mais especificamente as referentes aos serviços do Suas”, concluiu. 

Inclusão Produtiva – O Plano Nacional de Inclusão Social e Produtiva também foi apresentado pelo ministro. O programa, que será lançado até o final deste ano pelo MDSA, terá parcerias com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e com outras  instituições do Sistema S. 

A intenção é aprimorar, ainda, o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). “Às vezes a realidade do município está precisando de torneiro mecânico na pequena indústria e é oferecido um curso de cabeleireiro. Queremos que o Pronatec se adapte à realidade dos municípios, que tenha mais flexibilidade”, explicou Terra.

  

Informações para a imprensa:
Ascom/MDSA
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa