Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2016 > Outubro > Bolsa Família é destaque em simpósio internacional no México

Notícias

Bolsa Família é destaque em simpósio internacional no México

Transferência de renda

Experiência brasileira foi apresentada pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário
publicado  em 10/10/2016 14h16

Brasília – A experiência brasileira com o Programa Bolsa Família foi destaque em um simpósio internacional, no México, sobre iniciativas de transferência de renda que aliam ações em áreas como saúde e educação. Realizado entre os dias 28 e 30 de setembro, o evento contou com a presença do secretário nacional de Renda de Cidadania do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA), Tiago Falcão, que falou sobre a trajetória exitosa do programa. 

“O seminário é um daqueles momentos muito interessantes em que temos a oportunidade de mostrar a experiência brasileira e ver o reconhecimento do mundo em relação ao que o Brasil desenvolve. Também é uma forma de conhecer as diversas experiências que estão sendo desenhadas, as diferentes soluções encontradas para problemas que, em muitos casos, são semelhantes aos nossos”, destaca o secretário. 

O encontro na capital do país, Cidade do México, reuniu representantes da América Latina e Caribe, África, Oriente Médio e Ásia. Assim como o Brasil, o México é referência na área. O Programa de Inclusión Social (Prospera), criado há 19 anos, beneficia hoje aproximadamente 6,8 milhões de famílias mexicanas. O convite para que o Brasil participasse do encontro partiu do governo mexicano e do Banco Mundial. 

“Os países reconhecem o Brasil como uma referência na implementação de seus programas. Eles têm destacado a forma como nós construímos o Cadastro Único, que é a porta de entrada para diversos programas do governo federal. A quantidade de informações que conseguimos captar dentro do Cadastro Único e a capacidade de mantê-lo atualizado chamam atenção internacionalmente”, ressalta Falcão.

Ainda de acordo com o secretário, a participação em eventos desse tipo permite intensificar o diálogo entre os países. “Me impressionou a demanda que os países têm de que o Brasil esteja presente nessa discussão. Convites para ir ao Egito, Paraguai, Uruguai e outros países da América Latina surgiram a partir desse contato. Foi muito rico e interessante”, revela. 

O lançamento do Programa Criança Feliz também despertou o interesse dos participantes. A iniciativa é voltada ao desenvolvimento integral de crianças de baixa renda entre 0 e 3 anos de idade. “O programa Criança Feliz foi uma inovação muito bem vista no evento. Os participantes ficaram muito impressionados com o fato de o programa ser direcionado, prioritariamente, para famílias e crianças do Bolsa Família”, afirma.   

Bolsa Família – Criado em 2003, o Bolsa Família tem hoje cerca de 14 milhões de famílias beneficiárias. O programa de transferência de renda do governo federal é voltado para famílias extremamente pobres (renda per capita mensal de até R$ 85,00) e pobres (renda per capita mensal entre R$ 85,01 e R$ 170,00). Ao entrarem no programa, as famílias recebem o benefício mensalmente e, como contrapartida, cumprem compromissos nas áreas de saúde e educação. 

 

Informações para a imprensa:
Ascom/MDSA
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa