Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2016 > Novembro > UFRGS vai comprar R$ 6 milhões de alimentos da agricultura familiar

Notícias

UFRGS vai comprar R$ 6 milhões de alimentos da agricultura familiar

Compra Institucional

Esta é a maior chamada pública lançada por uma instituição de ensino por meio da modalidade Compra Institucional do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA)
publicado  em 18/11/2016 19h10

Brasília – A Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) lançou uma chamada pública no valor de R$ 6 milhões para a compra de carne bovina e suína da agricultura familiar. Esta é a maior aquisição realizada por uma instituição de ensino federal por meio da modalidade Compra Institucional do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA). 

A compra de 247 toneladas dos produtos será feita de forma parcelada. O edital está aberto até 7 de dezembro. 

Acesse: Edital de chamada pública da Universidade Federal do Rio Grande do Sul para a compra de carnes 

As carnes irão compor o cardápio das 11 mil refeições diárias servidas nos seis restaurantes universitários em Porto Alegre a partir de fevereiro. A nutricionista e diretora da Divisão de Alimentação da UFRGS, Ludymila Barroso, destaca que a qualidade dos produtos é superior ao que era adquirido anteriormente. 

“Além de promover o desenvolvimento local, acredito que em questão de qualidade vale muito a pena comprar dos agricultores familiares porque eles estão se qualificando e se desenvolvendo para conseguir cada vez mais aprimorar os seus produtos”, afirmou. Ela prevê também o lançamento de mais duas chamadas ainda neste ano voltadas para a compra de sucos orgânicos, geleias, arroz, além de frutas, verduras e hortaliças. 

Além das carnes, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul também abriu chamada pública para a compra de cucas para compor o café da manhã dos alunos que se hospedam na universidade. O valor investido será de quase R$ 20 mil. A abertura das propostas está marcada para 8 de dezembro. 

“Para as universidades que estão comprando para abastecer os seus restaurantes, isso é muito importante porque liga de fato uma ação da universidade com a extensão. Há um envolvimento maior da instituição ao fomentar a economia no território onde ela está inserida”, destacou a coordenadora geral de Aquisição e Distribuição de Alimentos do MDSA, Hetel Santos. 

A prioridade de compra será para agricultores familiares e organizações locais, de comunidades tradicionais, assentados, mulheres e para a produção agroecológica e de orgânicos. 

Organizações, associações e agricultores familiares que possuam Declaração de Aptidão ao Pronaf  (DAP) podem participar da chamada pública. Cada agricultor familiar poderá vender até R$ 20 mil. 

Sobre a modalidade Compra Institucional

A legislação atual determina que órgãos e entidades da administração pública federal direta e indireta comprem ao menos 30% de gêneros alimentícios de agricultores familiares e suas organizações. 

Para acessar todas as chamadas públicas de compra de produtos da agricultura familiar abertas no país, basta acessar o portal www.comprasagriculturafamiliar.gov.br. 

 

Informações para a imprensa:
Ascom/MDSA
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa