Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2016 > Novembro > Brasil e Canadá firmam parceria para o Programa Criança Feliz

Notícias

Brasil e Canadá firmam parceria para o Programa Criança Feliz

PRIMEIRA INFÂNCIA

Governo federal utilizará materiais educacionais canadenses
publicado  em 10/11/2016 16h17
Foto: Patrick Grosner/MDSA

Brasília – O Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) e o governo do Canadá firmaram uma parceria nessa quarta-feira (9) para possibilitar a criação de materiais educacionais para o Programa Criança Feliz. Além do fornecimento do material pedagógico, o Canadá repassará R$ 120 mil para a produção de cartilhas que serão utilizadas pelos coordenadores e visitadores do programa em todo o país.

O ministro da pasta, Osmar Terra, destacou a experiência canadense com a primeira infância e ressaltou que a cooperação entre os dois países contribui para um melhor atendimento às crianças mais pobres.

“É o país que desenvolveu os melhores instrumentos de avaliação e capacitação no mundo. A parceria nos permite traduzir e adaptar os materiais canadenses para o Programa Criança Feliz. Certamente, o Canadá é uma das mais importantes vertentes de colaboração para atendermos com qualidade as crianças do Bolsa Família”, reforçou Terra.

Para o embaixador do Canadá no Brasil, Riccardo Savone,   o investimento na primeira infância é fundamental para a construção de um mundo mais justo.

“O estabelecimento precoce de um conjunto de habilidades fundamentais é a chave para que as crianças alcancem o sucesso na vida. O enfoque do Brasil no desenvolvimento da primeira infância é louvável. Esses materiais vão conferir uma grande importância ao programa e ajudarão as famílias mais vulneráveis a construir uma base mais sólida para seus filhos”, acrescentou.

Coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, o Criança Feliz vai integrar ações com os ministérios da Saúde, Educação, Justiça e Cultura. O programa contará com visitas periódicas às casas das famílias beneficiárias do Bolsa Família, do Benefício de Prestação Continuada e em vulnerabilidade social. O objetivo é atender cerca de 4 milhões de crianças até 2018.

Informações para a imprensa:
Ascom/MDSA
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa