Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2016 > Maio > Primeira infância será prioridade no Bolsa Família

Notícias

Primeira infância será prioridade no Bolsa Família

COMBATE À POBREZA

Osmar Terra destaca que os três primeiros anos são fundamentais para romper com o ciclo da pobreza
publicado  em 30/05/2016 15h49
Foto: Ana Nascimento/Ascom

Brasília – “O Bolsa Família é um programa extremamente importante, pois milhões de brasileiros dependem dele para não ficarem na situação de pobreza. Ele será mantido e não haverá cortes, a não ser nos casos das que estão usufruindo e não necessitam”, afirmou o ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra.

Além de manter o programa de transferência de renda, o ministro também dará atenção especial às crianças beneficiárias do Bolsa Família nos primeiros três anos de vida. Para ele, uma das causas mais importantes de perpetuação da pobreza é a transmissão intergeracional da pobreza.

“Todas as habilidades humanas se organizam no cérebro nos primeiros três anos de vida. A criança bem estimulada nesta fase terá mais facilidade para aprender, uma escolaridade maior, uma profissão melhor e poderá romper com o ciclo da pobreza”.

Outra prioridade é o atendimento às famílias de baixa renda com crianças com microcefalia. “Essas crianças terão a capacidade muito reduzida e uma dependência total da sua família. Vamos agilizar para que tenham preferência para receber o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e mantenham as mínimas condições de sobrevivência”, reforçou.

Informações para a imprensa:
Ascom / Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário
(61) 2030-1021
www.mds.gov.br/area-de-imprensa