Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2016 > Maio > Governo quer trazer estudantes de volta para a escola

Notícias

Governo quer trazer estudantes de volta para a escola

EDUCAÇÃO

Estratégia lançada por MDS, MEC e Saúde prevê identificar 1,7 milhão de crianças e jovens que não foram localizados em 2015. Deste total, apenas 100 mil são do Bolsa Família
publicado  em 09/05/2016 14h10
Foto: Ubirajara Machado/MDS

Brasília – O governo federal quer localizar e trazer de volta à escola as 1,7 milhões de crianças e jovens de 4 a 17 anos que não estavam devidamente matriculadas na educação básica em 2015. Para atingir este objetivo, os ministérios do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Educação (MEC) e Saúde (MS) assinaram, na sexta-feira (6), portaria conjunta instituindo o Plano de Acolhimento, Permanência e Êxito (PAPE).

Do total, apenas 100 mil são beneficiários do Bolsa Família. Segundo a ministra Tereza Campello, o programa de complementação de renda já acompanha, a cada dois meses, a presença de 17 milhões de estudantes. “Elas já estão no nosso radar”, afirma a ministra. “Se a frequência está baixa, a rede de educação municipal informa o governo federal que notifica essa família e com isso tentamos trazer essa criança de volta para a escola.”

Por meio do PAPE, as áreas de Educação, Saúde e Assistência Social dos municípios vão fazer a busca ativa dessas crianças e jovens e fazer visitas familiares para identificar porque não estão na escola. De acordo com o motivo, elas vão desenvolver ações para trazer a criança de volta à sala de aula.

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, destaca que, entre os estudantes não localizados em 2015, 409 mil saíram de escolas particulares. “O que explica essa questão não é só a renda, que pode ser um dos fatores, mas existem outras vulnerabilidades. Não podemos aceitar esse número. Vamos trabalhar de forma integrada para fazer a busca ativa, identificar essas crianças e jovens e trazê-los de volta para a escola.”

Informações sobre os programas do MDS:
0800-707-2003
mdspravoce.mds.gov.br

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021
www.mds.gov.br/saladeimprensa