Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2016 > Junho > Ministro visita famílias em situação de vulnerabilidade em Santa Rosa

Notícias

Ministro visita famílias em situação de vulnerabilidade em Santa Rosa

POLÍTICAS SOCIAIS

Osmar Terra conheceu as rotinas da doméstica Tamara Santos e da dona de Casa Edite Veiga. Ele conversou sobre o Bolsa Família e as oportunidades do Pronatec no município gaúcho
publicado  em 20/06/2016 16h33
Patrick Grosner/Ascom

Brasília – O ministro do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA), Osmar Terra, visitou algumas famílias em situação de vulnerabilidade de Santa Rosa (RS), na última sexta-feira (17). Desde que assumiu a pasta, o ministro incluiu em sua agenda a visita a beneficiários em todos os estados para ouvir sugestões sobre os programas do MDSA. “Para aprimorar e aperfeiçoar as politicas sociais precisamos ouvir quem está ou deveria estar sendo beneficiado por elas”.

Terra já foi a Recife e Salvador. No Sul, uma das visitas foi para Tamara Graziela dos Santos, 25 anos, moradora da Vila Júlio Oliveira, região mais pobre de Santa Rosa. Mãe de dois filhos - de dois e seis anos de idade -, sem qualificação profissional, ela trabalha como doméstica e recebe um salário mínimo. Com o marido desempregado, os R$ 147 do Bolsa Família ajudam a complementar a renda.

“Eu gostaria de fazer um curso de cuidadora de idosos, por exemplo. A doméstica não ganha tanto. E as pessoas não contratam se você não tem o curso especializado para isso”, afirmou Tamara, que sonha em se qualificar e melhorar a renda da família.

Uma oportunidade poderia vir com cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), que, para o ministro Osmar Terra, precisa estar vinculado com a realidade de cada município. “As profissões que mais vão crescer são de cuidadores de idosos ou pessoa com deficiência. Vamos trazer mais cursos do Pronatec para isso”.

Leia mais:
“Vamos manter os programas sociais e fortalecer a assistência social”, diz Osmar Terra

A dona de casa Edite Soares Veiga, 59 anos, também recebeu o ministro Osmar Terra. Ela mora com o marido, que está doente, a filha e três netos em um casebre de madeira. A única fonte de renda é o salário mínimo recebido de auxílio-doença de Cristiane, filha de dona Edite. Mensalmente, R$ 112 do Bolsa Família complementam a renda da família.

 Agenda – Em agenda na cidade, o ministro participou da inauguração do Centro Comunitário da Vila Júlio de Oliveira. O espaço será usado pela Associação de Moradores e irá atender a comunidade com salão social, cozinha e banheiros. O investimento foi do Ministério de Integração Nacional, emenda parlamentar do deputado Osmar Terra, no valor de R$ 100 mil e mais R$ 17.430,90 de contrapartida do município.

Osmar Terra, também se reuniu com gestores do programa Bolsa Família e da Assistência Social do município gaúcho de Santa Rosa. Ele garantiu a continuidade dos programas sociais.

Informações para a imprensa:
Ascom / Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário
(61) 2030-1021
http://www.mds.gov.br/area-de-imprensa