Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2016 > Julho > Rosani Cunha: boas práticas no Cadastro Único serão premiadas

Notícias

Rosani Cunha: boas práticas no Cadastro Único serão premiadas

CONCURSO

No ano em que o Cadastro Único completa 15 anos, o concurso selecionará municípios, estados e entrevistadores que se destacaram no atendimento às famílias de baixa renda. As inscrições seguem até 1º de setembro
publicado  em 19/07/2016 10h28

Brasília – Estão abertas as inscrições para o Prêmio Rosani Cunha de Desenvolvimento Social – Edição Especial: Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. Promovido pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA), o concurso comemora os 15 anos de implementação da ferramenta que permite a inclusão das famílias de baixa renda nos programas sociais. O objetivo é identificar e divulgar as práticas bem sucedidas e inovadoras na gestão do Cadastro Único nos municípios, estados e no Distrito Federal. O prazo para a inscrição segue até 1º de setembro.

No total, serão selecionados 12 projetos finalistas de municípios e estados que poderão ser inscritos nas categorias: estratégias de qualificação e fortalecimento do Cadastro Único; Uso do Cadastro Único para desenvolvimento de políticas públicas, e ações inovadoras de inclusão e atualização cadastrais de famílias de grupos e comunidades tradicionais. Além disso, esta terceira edição do concurso irá premiar experiências de entrevistadores do Cadastro Único que se destacam no atendimento à população - com o intuito de dar maior visibilidade a este profissional, já este ano a categoria de entrevistador social foi incluída na Classificação Brasileira de Ocupações (CBO) do Ministério do Trabalho. A eleição dos cinco finalistas será realizada por meio de votação aberta, entre os dias 11 e 23 de setembro.

A coordenadora geral de Gestão de Processos de Cadastramento, da Secretaria Nacional de Renda de Cidadania do MDSA e coordenadora do prêmio, Ana Gabriella Sambiase, destaca que a iniciativa para aperfeiçoar a gestão. “O concurso é uma oportunidade para identificar as boas práticas que poderão auxiliar outros estados e municípios a aperfeiçoar a gestão do Cadastro Único e estimular o aprimoramento da ação dos gestores. Com essa visibilidade, conseguimos fazer com que o todo o país seja beneficiado”, afirmou.

Para se inscrever, clique aqui.

ACESSE: Edital do Prêmio Rosani Cunha – Edição Especial: Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal

As práticas serão analisadas por uma comissão do Ministério que irá considerar os seguintes aspectos: replicabilidade; originalidade e inovação; articulação; coerência com os objetivos do Cadastro Único; participação social e efetividade. Depois da fase de inscrição, serão realizadas visitas técnicas aos municípios, estados e aos locais de trabalho dos entrevistadores finalistas.

A cerimônia de entrega dos prêmios será realizada no dia 15 de dezembro, em Brasília. Além do troféu, como prêmio, os vencedores participarão de uma missão internacional para conhecer de perto boas práticas em cadastros governamentais de outro país.

Homenagem – O prêmio promovido pelo MDSA foi criado em 2009 para homenagear a ex-secretária Nacional de Renda de Cidadania. Responsável pela gestão de grandes programas do ministério, como o Bolsa Família, Rosani Cunha faleceu em 2008, em um acidente de carro. Esta é a terceira edição do prêmio.

 

Veja o catálogo com as práticas vencedoras da 2ª Edição do Prêmio Rosani Cunha de Desenvolvimento Social – Especial Bolsa Família 10 anos (2013)



Veja também o catálogo com as práticas vencedoras da 1ª Edição do Prêmio Rosani Cunha de Desenvolvimento Social — Ações Integradas para Proteção e Promoção Social (2009)



Informações para a imprensa:
Ascom/MDSA
(61) 2030-1021
www.mds.gov.br/area-de-imprensa