Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2016 > Janeiro > MDS mobiliza servidores no combate ao mosquito Aedes aegypti

Notícias

MDS mobiliza servidores no combate ao mosquito Aedes aegypti

MDS CONTRA O MOSQUITO

Ministra Tereza Campello participou de ação preventiva no bloco C da Esplanada dos Ministérios
publicado  em 29/01/2016 18h13
Foto: Ana Nascimento/MDS

Brasília – Para combater o mosquito Aedes aegypti, o o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) mobilizou os servidores para participarem da ação MDS contra o mosquito. Nesta sexta-feira (29), a ministra Tereza Campello participou de ação preventiva na sede do órgão, no bloco C da Esplanada dos Ministérios, em Brasília.

“Queremos criar uma grande onda nacional e colocar o país para vencer essa batalha. Hoje estamos nessa mobilização para limpar os prédios. E, na segunda-feira (1º), teremos uma teleconferência, transmitida pela TV NBR, para mobilizar toda a rede de assistência social”, explica a ministra.

Até a próxima quinta-feira (4), todos os prédios do governo federal no país estão sendo inspecionados, para eliminar possíveis focos do mosquito. De acordo com Tereza Campello, ações como essa vão ajudar o país. “As pessoas acham que uma única limpeza deixam todos livres do mosquito. Mas não é assim. Temos que fazer uma limpeza a cada sete dias.”

Para a agente de Vigilância Ambiental do governo do Distrito Federal, Ana Dalila Diniz, é importante que cada um faça a sua parte. “Pelo menos uma vez por semana, as pessoas devem dar uma olhada em casa e eliminar toda a água parada. É em água parada, suja ou limpa, que o mosquito coloca os ovos”, explica. Ela lembra que os agentes ambientais visitam todas as casas para orientar os moradores, mas todos têm a responsabilidade de cuidar da sua própria casa.

Para manter a população livre do Aedes aegypti, que transmite a dengue, a chinkungunya e a zika, é necessário eliminar toda a água parada. Manter calhas sempre limpas, garrafas viradas para baixo, lixeiras fechadas e tonéis e caixas d’ água tampadas são iniciativas importantes para este combate.

O garçom Dalton Vieira Alves de Luna, que trabalha no MDS, conta que se preocupa com a limpeza do seu quintal. “Limpo a área regularmente para não deixar nenhuma sujeira que possa acumular água e virar criadouro do mosquito”, conta. Ele ainda lava a caixa d’água com frequência e deixa a casinha dos cachorros sempre limpa e seca.

Informações sobre os programas do MDS:
0800-707-2003
mdspravoce.mds.gov.br

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021
www.mds.gov.br/area-de-imprensa