Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2016 > Janeiro > Finalistas do concurso Melhores Receitas da Alimentação Escolar se preparam para etapa final

Notícias

Finalistas do concurso Melhores Receitas da Alimentação Escolar se preparam para etapa final

ALIMENTAÇÃO ESCOLAR

publicado  em 25/01/2016 20h30
Foto: Divulgação/MEC

Foi dada a largada para a grande final do concurso Melhores Receitas da Alimentação Escolar. Merendeiras das cinco regiões brasileiras já estão em Brasília e nesta quarta-feira, 27, passarão pela prova de fogo, apresentando suas preparações aos jurados. Apenas uma de cada região voltará para casa com o prêmio de cinco mil reais e uma viagem internacional.

Além de mostrar o que há de melhor na alimentação escolar de seus estados, as 15 finalistas desembarcaram em Brasília com outra missão: aprender técnicas para melhorar ainda mais seu desempenho nas escolas.  Nesta segunda e terça-feira,   25 e 26, elas participam de curso de boas práticas oferecido pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) em parceria com o SENAI/DF.  Ao todo serão 20 horas de aulas práticas e teóricas que englobam assuntos variados,  como higiene sanitária, aproveitamento integral de alimentos, pirâmide alimentar, corte de legumes, decoração de pratos e gastronomia infantil.

Jucélia Alves Bonita, merendeira do Centro de Educação Infantil em Mafra (SC), garante que vai colocar em prática tudo o que tem aprendido. “Estou agarrando essa oportunidade. Hoje tivemos uma aula extraordinária, onde aprendi muito sobre temperos. Será muito útil no meu dia-a-dia”, ressaltou.

Apesar de serem concorrentes, as merendeiras seguem em clima de comemoração. Afinal, suas receitas foram escolhidas entre outras 2 mil, de diversas partes do país. “Só de estar aqui já me sinto vitoriosa”, disse a bahiana Cláudia Antônia Bispo, criadora do prato “enroladão saudável”. Outra que celebrou o reconhecimento de seu tempero foi Osmarina Pereira, que há 10 anos cozinha para crianças em escolas de Iporá (GO). “Para mim, o trabalho da merendeira tem a mesma importância que o de um professor ou diretor. É muito bom ser reconhecida pelo que faço”, afirmou.

Na final do concurso Melhores Receitas da Alimentação Escolar, as merendeiras vão preparar suas receitas e apresentar a atividade de Educação Alimentar e Nutricional (EAN) para um júri composto por cinco membros: um chef de cozinha, uma nutricionista, um conselheiro de alimentação escolar, uma aluna da rede pública e um convidado representante da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO). Além dos critérios considerados nas etapas anteriores (viabilidade na alimentação escolar, valorização de hábitos locais, criatividade, atividade de EAN), serão avaliados também os aspectos sensoriais, tais como apresentação, aroma, sabor, textura e cor.

A expectativa entre as finalistas é grande. “Esse ano completo 30 anos trabalhando como merendeira. O evento do dia 27 será um marco pra mim”, disse Gerlinda Boening, que veio do Espírito Santo para mostrar ao Brasil sua receita de frango ao molho com casca de abóbora. Quem também veio de longe para tentar levar o prêmio foi Maria da Conceição Ferreira, de Vitória do Xingu (PA). “Espero que minha receita de farofa nutritiva faça sucesso”.

As cinco vencedoras – uma de cada região do país – serão conhecidas na quinta-feira, 28, durante cerimônia de premiação no auditório do Ministério da Educação, às 9h30, com a presença do ministro Aloizio Mercadante e do presidente do FNDE, Idilvan Alencar.

Veja a lista das 15 receitas finalistas na página oficial do concurso.

Fonte: FNDE