Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2016 > Fevereiro > Políticas públicas, orgânicos e agricultura familiar na Biofach

Notícias

Políticas públicas, orgânicos e agricultura familiar na Biofach

AGRICULTURA FAMILIAR

publicado  em 11/02/2016 14h18
Foto: MDA Visitantes da Biofach conhecem produtos da agricultura familiar brasileira

Visitantes da Biofach conhecem produtos da agricultura familiar brasileira

Teria o Brasil algo a dizer ao mundo sobre políticas públicas e o cultivo de alimentos orgânicos e sustentáveis? Claro! Por este motivo, a experiência brasileira na criação do Plano Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (Planapo) e nas formas de comercialização foi debatida junto a espectadores de vários países nesta quarta-feira (11), na Alemanha. O fórum ‘Políticas governamentais para agricultura orgânica no Brasil’, foi apresentado pelo coordenador de Abastecimento e Comercialização MDA, Igor Teixeira, durante a Biofach.

O painel tratou das ações de apoio à cultura orgânica e agroecológica promovidas pelo governo brasileiro. “Foi uma oportunidade boa para apresentarmos a nossa plataforma de estimulo à produção, consumo e comercialização de produtos orgânicos e de base agroecológica. Conseguimos expor resultados do nosso trabalho junto à agricultura familiar, especialmente junto a cooperativas e grupos de produtores”, pontua Igor Teixeira.

Ganharam destaque no fórum: a campanha Brasil Orgânico Sustentável e o fortalecimento da identidade dos produtos orgânicos e da agricultura familiar para as Olimpíadas 2016, no Rio de Janeiro e a inserção da produção orgânica e agroecológica nos programas de compras públicas - como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae).

Além de apresentar algumas ferramentas de políticas públicas vigentes no Brasil, a reunião serviu para que o público de outros países pudesse conhecer e entender as particularidades da agricultura familiar brasileira, do ponto de vista da organização social e produtiva e do acesso a programas de comercialização e assistência técnica.

Participação

A agricultora Michele Damascena está na Biofach, representando a Cooperativa para o Desenvolvimento da Apicultura do Nordeste (Coodapis), com sede em Tabira (PE).  Ela participou do fórum, onde teve a oportunidade de falar para as pessoas sobre o trabalho da cooperativa, que tem como principal produto, o mel orgânico.

Para ela, o momento foi mais que especial. “A gente entende que uma oportunidade como essa não acontece sempre, e essa participação fez com que a nossa marca fosse divulgada mundialmente”, conta Michele ao falar que o mel e as polpas de frutas, produzidos pela Coodapis, têm despertado o interesse de quem passa pela feira.

“Durante a apresentação, em alguns momentos, notei que as pessoas estavam bastante interessadas, tanto na cultura quanto no trabalho social da cooperativa”, comemora a agricultora ao salientar que, atualmente, a Coodapis atende a 368 agricultores familiares do sertão de Pernambuco e da Paraíba. Eles chegam a produzir 250 toneladas de mel por ano.

Biofach 2016

A BioFach prossegue até sábado (13), em Nuremberg, na Alemanha. A feira, considerada a maior de alimentos orgânicos e sustentáveis do mundo, está em sua 27ª edição. Há 12 anos o MDA e a agricultura familiar brasileira marcam presença no evento.

Nesta edição, oito cooperativas da agricultura familiar expõem seus produtos na feira, trazendo representatividade para mais de seis mil famílias de produtores familiares de base orgânica do Brasil. 

Fonte:
Juliana Reis/Adolfo Brito
Ascom/MDA

registrado em: