Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2016 > Fevereiro > Parceria para Especialização para servidores do MDA

Notícias

Parceria para Especialização para servidores do MDA

DESENVOLVIMENTO RURAL

publicado  em 01/02/2016 17h00
Divulgação/MDA

Na última semana, o ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), participou de uma série de reuniões no Campus Parnaíba da Universidade Federal do Piauí. Os encontros foram para consolidar a metodologia, projeto político-pedagógico e operacional do curso de especialização em Gestão de Políticas para o Desenvolvimento Rural Sustentável, que deverá ser oferecido até o fim do ano, para servidores efetivos. Foram acertados o calendário acadêmico do curso, bem como as diretrizes para o processo seletivo, com base nas prerrogativas do plano de capacitação, das diretrizes estratégicas do MDA e das normativas legais de desenvolvimento de pessoas. A pasta foi representada pela coordenadora de Recursos Humanos, Ana Maria de Oliveira.

De acordo com a coordenadora, o curso foi pensando para atender às necessidades de formação permanente dos servidores que atuam como gestores das políticas públicas de desenvolvimento rural sustentável, territorial, de educação do campo e de Ater de princípios agroecológicos.  “Objetiva, ainda, contribuir para o aprimoramento da gestão, ampliando os métodos e  abordagens  da administração pública para os servidores  que atuam com os contextos da agricultura familiar”, acrescentou  Ana Maria de Oliveira ao destacar que a intenção do curso é construir  conhecimentos, com base na  soberania alimentar, economia popular e solidária, bem como nas igualdades sociais de gênero, geração e etnia.

Sobre o curso

A especialização terá como eixos temáticos: Etnodesenvolvimento e populações tradicionais; Pensamento social agrário; Economia solidária; Associativismo e tecnologias socioambientais;  Gestão de políticas públicas; Pesquisa, Extensão e Divulgação científica.

Com carga horária de 390 horas, o curso será realizado na modalidade semipresencial, nas instalações da UFPI e do MDA. Serão 50 servidores por turma. As vagas serão distribuídas entre servidores do MDA e do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Em breve, será divulgado o  processo seletivo e o calendário acadêmico do curso.

Fonte: MDA

registrado em: , , ,