Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2016 > Fevereiro > Gestores se mobilizam na luta contra o Aedes aegypti na Bahia

Notícias

Gestores se mobilizam na luta contra o Aedes aegypti na Bahia

MDS CONTRA O MOSQUITO

Unidades de assistência social e de segurança alimentar do estado participam de ações no combate ao Zika vírus e no enfrentamento à microcefalia
publicado  em 18/02/2016 12h12

Brasília - A mobilização no combate ao mosquito Aedes aegypti e no enfrentamento à microcefalia começa a causar efeitos nos estados e municípios pelo país. Após a apresentação da teleconferência sobre as ações do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), transmitida pela TV NBR, a chefe da Superintendência de Inclusão e Segurança Alimentar (SISA), ligada à Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social do estado da Bahia, Rose Pondé, fez uma visita ao ministério para se aprofundar mais no assunto.

"O resultado foi excelente, a teleconferência foi instrutiva e de uma sensibilização muito grande. Pretendemos seguir o exemplo do MDS e também realizaremos teleconferências atingindo nossos parceiros nos 417 municípios baianos”, destacou.

A superintendente informou que após o programa realizado pelo MDS, os coordenadores, tanto da SISA quanto da Superintendência de Assistência Social (SAS) do Estado da Bahia, foram convocados a se unir ao Dia de Mobilização Nacional Zika Zero, que acontecerá nesta sexta-feira (19), com apoio do governo federal.

Além dos gestores, os profissionais de 42 entidades executoras de tecnologias de acesso à água para consumo, 205 Centros de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) e 575 Centros de Referência de Assistência Social (Cras) em todo o estado participam desta ação de conscientização e combate ao Aedes aegypti. Restaurantes populares também serão utilizados como espaços de divulgação. O MDS forneceu materiais informativos, como folders e cartazes.

A diretora do Departamento de Fomento à Produção e à Estruturação Produtiva do MDS, Francisca Rocicleide da Silva, enfatizou a importância da parceria do estado com o MDS. “A Bahia é um estado que tomou a iniciativa a partir das orientações do ministério e estamos apoiando e dando todo o reforço que eles precisarem para termos êxito nas ações de combate ao Aedes aegypti”, concluiu.

Informações sobre os programas do MDS:
0800-707-2003
mdspravoce.mds.gov.br

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021
www.mds.gov.br/area-de-imprensa