Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2016 > Fevereiro > Itália quer parceria com Brasil para programa de combate à pobreza

Notícias

Itália quer parceria com Brasil para programa de combate à pobreza

COMBATE À POBREZA

Bolsa Família e o Plano Brasil Sem Miséria estão na pauta do encontro. Secretário Arnoldo de Campos representa o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome
publicado  em 18/02/2016 15h56
Foto: Divulgação/MDS

Brasília – Com o objetivo de conhecer a trajetória brasileira no combate à pobreza e à fome, a organização internacional Action Aid promoveu nesta quinta-feira (18), em Roma, a Conferência Itália-Brasil: encontro crucial contra a pobreza. O secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Arnoldo de Campos, participou do evento. “Estamos acostumados a apoiar ações de combate à pobreza junto a países em desenvolvimento. Mas está é a primeira vez que o Brasil é convidado por um país desenvolvido, a Itália, a ser parceiro neste desafio que deve ser de todos.”

A experiência do Programa Bolsa Família, que atende 14 milhões de famílias de baixa renda, e as ações do Plano Brasil Sem Miséria, com acesso a serviços e inclusão produtiva, recebem atenção especial no evento. O encontro coincide com o lançamento do relatório A Itália e a luta contra a pobreza no mundo, que terá enfoque nas políticas sociais brasileiras de redução da pobreza. O evento também tem o objetivo de valorizar o legado da Expo Milão 2015 na temática da alimentação – um dos compromissos da Carta de Milão. 

O fortalecimento da agricultura familiar é um dos pilares que ajudou o Brasil a conquistar seus objetivos e ter saído do Mapa da Fome da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO). “Comprando produtos da agricultura familiar, fortalecemos o segmento e oferecemos mais qualidade na alimentação das pessoas atendidas pelos programas”, explica Campos. Além do secretário do MDS, o embaixador brasileiro e ex-ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, e o embaixador do Brasil na Itália, Ricardo Neiva Tavares, participam da conferência.

Na sexta-feira (19), Arnoldo de Campos se reúne com o diretor geral da FAO, José Graziano da Silva. Eles irão discutir sobre iniciativas globais para garantia do Direito Humano à Alimentação Adequada. A Organização tem interesse em debater parcerias em relação aos compromissos firmados durante a Segunda Conferência Internacional sobre Nutrição, em novembro de 2014, como o enfrentamento ao sobrepeso e a obesidade.

“O Brasil virou a página da fome como problema estruturante. Ainda temos desafios a enfrentar neste sentido e continuamos trabalhando. Porém, o país enfrenta, hoje, um novo e sério desafio, que é o combate à obesidade e o sobrepeso entre a população. Não queremos estar neste outro mapa, por isso estamos trabalhando e firmando parcerias”, concluiu o secretário.

Parceria - A Action Aid é uma organização internacional, cujo objetivo principal é a luta contra a fome, a pobreza e a injustiça em todo o mundo. Está em 45 países e ajuda, por meio de parcerias, mais de 15 milhões de pessoas em situações de pobreza. A Action Aid Itália, nos últimos dois anos, desenvolveu trabalhos a partir de um enfoque no esporte com o objetivo de promover valores positivos. Essa trajetória se iniciou na Copa do Mundo de 2014, no Brasil; continuou no ano de 2015 na Expo Milão, cujo tema era “Alimentando o Planeta”; e, em 2016, retoma o foco no Brasil, com a aproximação dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro.

Informações sobre os programas do MDS:
0800-707-2003
mdspravoce.mds.gov.br 

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021
www.mds.gov.br/area-de-imprensa