Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2016 > Dezembro > Ministério premia melhores práticas na gestão do Cadastro Único

Notícias

Ministério premia melhores práticas na gestão do Cadastro Único

Cerimônia em Brasília reuniu autoridades, gestores e entrevistadores. Vencedores acompanharão a equipe do MDSA em uma missão internacional
publicado  em 16/12/2016 19h38

Brasília – O Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) anunciou nesta quinta-feira (15) os vencedores do Prêmio Rosani Cunha de Desenvolvimento Social – Edição Especial: Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.  Na cerimônia, em Brasília, foram premiadas quatro práticas bem-sucedidas e inovadoras na gestão do Cadastro Único e um entrevistador que se destacou na função. Os vencedores acompanharão a equipe do MDSA em uma missão internacional em 2017.

Alagoas foi o vencedor na modalidade “Boas Práticas na Gestão do Cadastro Único de Governos Estaduais”, com a prática “Visibilidade às Famílias Pertencentes aos Grupos Tradicionais e Específicos em Alagoas – Conhecer para Garantir Direitos”. Com foco no atendimento a famílias indígenas e quilombolas, a iniciativa promove a sensibilização de gestores estaduais e municipais quanto à existência de grupos populacionais tradicionais e específicos, buscando ainda esclarecer as pessoas sobre seus direitos.  

 
Na modalidade “Boas Práticas na Gestão do Cadastro Único de Governos Municipais e do Distrito Federal”, categoria “Estratégias de Qualificação e Fortalecimento do Cadastro Único”, venceu o município de Santarém (PA), com a prática Centro de Atendimento Social (CAS). A iniciativa reúne uma série de serviços ofertados por meio do Cadastro Único em um único local, facilitando o acesso da população a diversas políticas públicas.

O município de Porto Seguro (BA) foi o vencedor na categoria “Uso do Cadastro Único para o Desenvolvimento de Políticas Públicas”, com a prática Casa do Trabalhador e Programa Municipal de Qualificação Profissional – Qualifica Porto. Por meio do projeto, a administração local desenvolve ações de capacitação, intermediação de mão de obra e incentivo à geração de renda para a população inscrita no Cadastro Único.



Na categoria “Cadastro Único e Diversidade Social”, quem levou o troféu foi Muaná (PA), com a prática “Equipe Itinerante: 28 de maio no Território das Águas”. O município expandiu a política de proteção social levando diversas ações até as pessoas que vivem em áreas isoladas. O deslocamento da equipe é feito com a ajuda de um barco. Entre as atividades, estão cursos, palestras, capacitações e busca ativa para inclusão e atualização do Cadastro Único.
 

Como “Entrevistador Destaque do Cadastro Único” o ganhador foi Daniel Dias, de Monte Carmelo (MG), reconhecido pela sensibilidade e dedicação ao trabalho. Já a entrevistadora Regina Rocha, de São Paulo, recebeu Menção Honrosa da Comissão Julgadora, por sua atuação como membro da equipe volante da capital paulista.   

Evento – Ao longo do dia, o evento reuniu autoridades, gestores e entrevistadores do Cadastro Único, em um hotel na zona central de Brasília. A primeira parte foi destinada a discussões sobre a importância do Cadastro Único. Na segunda, os 17 finalistas participaram de um talk show no qual puderam detalhar o trabalho desenvolvido por eles.

Os 5 finalistas a Entrevistador Destaque do Cadastro Único foram escolhidos entre 189 inscritos, em votação aberta pela internet. A categoria foi premiada pela primeira vez no concurso. Já as práticas contaram com 150 inscrições, que resultaram em 12 finalistas, escolhidos pela Comissão Julgadora.

Os vencedores foram conhecidos no final do dia, em solenidade que contou com a presença do ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, e do secretário-executivo, Alberto Beltrame, entre outros representantes do MDSA.  

“Esta premiação representa o nosso reconhecimento da importância do trabalho desenvolvido por todos vocês. É esse trabalho que nos permite conhecer a realidade brasileira e transformá-la”, destacou o ministro, durante pronunciamento.

Para Terra, os avanços atingidos nas políticas públicas brasileiras se devem à excelência com que o Cadastro Único é colocado em prática. O ministro também elogiou a dedicação dos gestores e trabalhadores da área social. “O que fica registrado na existência de uma pessoa é aquilo que ela conseguiu transformar na vida do outro. Esse é o mérito de quem atua na Assistência Social”, concluiu.

Presente no evento, o secretário nacional de Renda de Cidadania, Tiago Falcão, ressaltou ainda que o Cadastro Único avançou muito ao longo dos anos e hoje serve de inspiração para outros países. “O Cadastro é hoje o melhor instrumento de conhecimento de uma parcela da população que era desconhecida para o Brasil. Isso tem despertado o interesse internacional. Hoje, o número de países que querem conhecer o Cadastro Único supera até o dos que querem conhecer o Programa Bolsa Família”, apontou.

Prêmio – O prêmio Rosani Cunha foi criado em 2009 para homenagear a ex-secretária Nacional de Renda de Cidadania. Responsável pela gestão de grandes programas do ministério, como o Bolsa Família, Rosani Cunha faleceu em 2008, em um acidente de carro.

Informações para a imprensa:
Ascom/MDSA
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa