Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2016 > Agosto > Ministro reforça importância de programa para primeira infância

Notícias

Ministro reforça importância de programa para primeira infância

Políticas públicas

Durante encontro em Pelotas, Osmar Terra falou sobre o desenvolvimento integral nos primeiros anos de vida
publicado  em 12/08/2016 20h02
Fotos: Patrick Grosner/MDSA

Pelotas - O ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, reforçou, nesta sexta-feira (12), a importância do acompanhamento e do estímulo às crianças do nascimento aos três anos de idade. Ao participar de encontro em Pelotas (RS), Terra lembrou que, nos primeiros anos de vida, são organizadas todas as competências humanas.

“É nesse período que uma criança bem cuidada, estimulada e acompanhada por políticas públicas eficientes terá uma aprendizagem melhor, maior escolaridade e um salário melhor que seus pais”, afirmou ele, ao falar sobre o programa voltado à primeira infância que será lançado na próxima semana. O foco será o acompanhamento dos primeiros três anos de vida dos filhos de beneficiários do Bolsa Família.

O ministro destacou também o Programa Primeira Infância Melhor, do governo do Rio Grande do Sul. O programa gaúcho, criado quando Osmar Terra era secretário de Saúde do estado, é pioneiro na promoção do desenvolvimento integral na primeira infância. Pelotas é exemplo na execução das ações e, por isso, a cidade deve ser uma das primeiras a receber o programa nacional.

Em Pelotas, o ministro Osmar Terra também visitou famílias beneficiárias do Bolsa Família. Mãe de oito filhos, Maiquele Silva da Silva, de 39 anos, recebe R$ 287 do programa. Ela conta que os três filhos mais novos foram acompanhados desde o nascimento pelo Primeira Infância Melhor. “Eles melhoraram 100%. O programa mudou o futuro das crianças”.

Confira o álbum com fotos da visita do ministro à Pelotas

Na prefeitura, o ministro participou de evento comemorativo pelo reconhecimento das ações da cidade na área da saúde. Pelotas conquistou o InovaSUS 2015. O prêmio, concedido pelo Ministério da Saúde, destacou ações que implantaram uma nova metodologia de atendimento na rede municipal de saúde. O projeto promove a reinserção social de apenados do regime semiaberto por meio do trabalho na reforma dos postos de atendimento.

Informações para a imprensa:
Ascom/MDSA
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa