Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2016 > Agosto > Ministro participa de encontro sobre inclusão produtiva

Notícias

Ministro participa de encontro sobre inclusão produtiva

DESENVOLVIMENTO SOCIAL

Osmar Terra se reuniu com empresários e representantes do Conselho Superior do Movimento Brasil Competitivo para ouvir sugestões sobre os programas sociais
publicado  em 02/08/2016 17h33
Foto: Patrick Grosner/MDSA

São Paulo – Os desafios da inclusão produtiva dos beneficiários do Bolsa Família foram o tema do encontro do ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, com empresários e representantes do Movimento Brasil Competitivo (MBC) nesta terça-feira (2), em São Paulo. Na reunião com o Conselho Superior da instituição, o ministro também apresentou as políticas para a primeira infância que estão sendo desenvolvidas no Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA). 

O encontro foi uma oportunidade para Osmar Terra ouvir os empresários e reunir sugestões para o aperfeiçoamento dos programas sociais. “Nenhuma política social funciona no Brasil sem essa articulação”, afirmou. 

Já foi criado, explicou Terra, um comitê no MDSA para elaborar estratégias voltadas à inclusão produtiva e promover a emancipação das famílias do Bolsa Família. O objetivo é romper com o ciclo intergeracional da pobreza. “Vamos fazer parcerias com o Sistema S e outras empresas e também criar linhas de microcrédito para incentivar os empreendedores. Queremos garantir que as famílias do programa sejam acompanhadas para estimular o emprego formal.” 

O ministro ressaltou ainda a necessidade de políticas públicas voltadas às crianças nos primeiros mil dias de vida. “Nos primeiros anos de vida, são organizadas a inteligência e as competências do ser humano. Vamos fazer um programa para acompanhar, toda semana, as famílias pobres em casa”. 

Para o idealizador e presidente do Conselho Superior do MBC, Jorge Gerdau Johannpeter, não há investimento social mais importante que o da primeira infância. Segundo ele, “atualmente não há consciência sobre o impacto positivo do investimento na primeira infância”. Gerdau disse que vai mobilizar a opinião pública sobre a importância do tema. 

O presidente do Instituto Talento Brasil, Antônio Machado, destacou que a inclusão produtiva, como porta de saída do programa de transferência de renda, remete à essência do Bolsa Família. “O conceito de emancipação é o que faz do Bolsa Família uma política social”. 


 

Informações para a imprensa:
Ascom/MDSA
(61) 2030-1021
www.mds.gov.br/area-de-imprensa