Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2016 > Abril > Resgatar prática culinária das crianças é objetivo do Banco de Alimentos de Belo Horizonte

Notícias

Resgatar prática culinária das crianças é objetivo do Banco de Alimentos de Belo Horizonte

COMBATE À FOME

Iniciativa é uma das 12 selecionadas para a I Mostra de Experiências de Bancos de Alimentos, a ser realizada nos dias 5 e 6 de maio, em Brasília
publicado  em 19/04/2016 11h24
Foto: Divulgação/Prefeitura Belo Horizonte

Brasília – Como você ensina seu filho a importância da alimentação saudável? Em Belo Horizonte, a ajuda vem do Banco de Alimentos. Os alunos da rede municipal de ensino da capital mineira vão para a cozinha da unidade e aprendem a importância de comer bem, com o resgate da prática culinária. O Circuito de Educação alimentar e nutricional no Banco de Alimentos: sabor e saber ao alcance das crianças foi selecionado para a I Mostra de Experiências de Bancos de Alimentos, que será realizada nos dias 5 e 6 de maio, em Brasília. 

O projeto, desenvolvido há quatro anos pela Secretaria Municipal Adjunta de Segurança Alimentar e Nutricional (Smasan) da prefeitura de Belo Horizonte, promove visitas à unidade para que as crianças conheçam o seu funcionamento e participem de oficinas. De acordo com a nutricionista da Smasan, Luana Titonele, as atividades são lúdicas, para ajudá-las a entender o conceito de segurança alimentar e nutricional. “Queremos que eles se tornem pequenos multiplicadores dessa ideia.”

As aulas incentivam o combate ao desperdício de alimentos e a redução do consumo dos pouco saudáveis. “As oficinas permitem as crianças praticarem a seleção dos alimentos que serão doados para as entidades cadastradas”, conta Luana. Por meio do resgate da prática culinária, os meninos e meninas levam um livro de receitas para casa, para cozinhar com a família. “Eles aprendem que o alimento tem outras dimensões, que não são apenas as nutricionais.” 

Avaliação do projeto, desenvolvida em parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), mostra que 86,4% dos alunos relataram ter gostado muito do Circuito. E 62,8% consideram ter aprendido algo novo com as oficinas. “Uma aluna do quarto ano disse que a expectativa dela foi superada, pois pensava que seria uma atividade chata, só com comida ruim. Mas adorou tudo, principalmente as receitas que ela mesma preparou.” 

Mostra – Foram 61 experiências de todo o país selecionadas para participar da I Mostra de Experiências de Bancos de Alimentos. Deste total, 12 serão apresentadas em mesas relacionadas ao tema. As demais, serão expostas em formato de pôster.

As inscrições estão abertas até o dia 25 de abril e podem ser feitas aqui. O evento, realizado pelo MDS em parceria com outras instituições, tem como objetivo promover o compartilhamento de experiências e vivências do trabalho nos Bancos de Alimentos. 

Informações sobre os programas do MDS:
0800-707-2003
mdspravoce.mds.gov.br

 

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021
www.mds.gov.br/area-de-imprensa