Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2016 > Abril > Integração das bases de dados vai facilitar a vida do cidadão

Notícias

Integração das bases de dados vai facilitar a vida do cidadão

ACESSO À INFORMAÇÃO

Reuniões bilaterais e multilaterais vão ajudar o Brasil a continuar o processo de integração dos registros administrativos
publicado  em 07/04/2016 17h56
Foto: Lia de Paula/MDS

Brasília – A integração das bases de dados do governo federal vai facilitar a vida do cidadão e desburocratizar o trabalho do governo federal. Essa é a avaliação do secretário nacional de Renda de Cidadania do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Tiago Falcão. Ele participou nessa semana, junto com representantes dos governos de países da América Latina, África, Ásia e Oceania, do Seminário Internacional de Integração de Bases de Dados e Sistemas de Informação para Aperfeiçoamento de Políticas Públicas.

Falcão destacou que o evento foi um passo importante do Brasil na integração das bases de dados. “No Brasil, quando falamos de base de dados, estamos falando de Mega Data, nunca falamos de bases pequenas. Então é um processo que é muito complexo. E eu acredito que vai acontecer.”

Segundo a diretora do Cadastro Único do MDS, Joana Mostafa, a integração será um grande desafio para o Brasil. “Estamos com agendas de negociações internas, bilaterais e multilaterais de integração”, conta. O seminário vai resultar em um livro, que está sendo elaborado a partir das contribuições internacionais. “São coisas técnicas, procedimentos que temos e que a gente não acha escrito em nenhum lugar.”

A integração das bases e sistemas de informação evita que o cidadão repita as informações sempre que for acessar algum serviço público. Especialista em proteção social do Banco Mundial, Claudia Baddini destaca que a integração dos dados é um passo para um mundo sem pobreza. “Integrar a base é reconhecer a importância de trabalhar todos juntos. E isso é acabar com a pobreza, colocando todos em um patamar acima. Outros países deixaram isso muito bem ilustrado.”

Promovido pelo MDS e pelo Banco Mundial, o encontro reuniu mais de 200 participantes e discutiu a integração e a qualificação das informações nos registros administrativos, além de inovações e tecnologias para facilitar o acesso do cidadão a serviços e a programas sociais.

Informações sobre os programas do MDS:
0800-707-2003
mdspravoce.mds.gov.br

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021
www.mds.gov.br/area-de-imprensa