Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2016 > Abril > CNAS regulamenta serviço de Supervisão Técnica

Notícias

CNAS regulamenta serviço de Supervisão Técnica

ASSISTÊNCIA SOCIAL

Resolução publicada no Diário Oficial define como deve ser estruturada e ofertada a ação de capacitação para profissionais da assistência social
publicado  em 27/04/2016 15h34

Brasília - Os mais de 600 mil profissionais do Sistema Único de Assistência Social (Suas) contam agora com mais uma ação de capacitação. O Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS) publicou no Diário Oficial os parâmetros para implementação, desenvolvimento e certificação para Supervisão Técnica.

A resolução atende à demanda surgida durante a última Conferência Nacional de Assistência Social, realizada em dezembro. “Essa medida é mais um avanço na regulação das ações de formação e capacitação no âmbito do Suas. É mais uma estratégia para apoiar os trabalhadores, gestores e conselheiros”, destaca o diretor de Gestão do Suas do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), José Crus.

A Supervisão Técnica é uma ação contínua de qualificação profissional, acompanhando os trabalhadores por um período mínimo de seis meses. “Ela deve ser estruturada com, no mínimo, quatro horas mensais para cada grupo de trabalho, com no máximo 20 profissionais e com periodicidade, preferencialmente, quinzenal”, afirma Crus.

A ação pode ser ofertada pelas próprias gestões municipais e estaduais da assistência social ou por meio de uma das 146 instituições de ensino superior que participam da Rede Nacional de Capacitação e Educação Permanente do Suas (RENEP/Suas). “Os profissionais deverão ser certificados e essa é uma questão importante. Assim ele terá o reconhecimento de que essa é uma ação de supervisão técnica e que isso irá gerar progressão funcional para o profissional.”

Informações sobre os programas do MDS:
0800-707-2003
mdspravoce.mds.gov.br

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021
www.mds.gov.br/area-de-imprensa