Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2016 > Abril > Benefício médio do Bolsa Família subiu mais do que a inflação

Notícias

Benefício médio do Bolsa Família subiu mais do que a inflação

COMBATE À POBREZA

Entre janeiro de 2011 e janeiro de 2016, o benefício médio pago pelo programa de transferência de renda cresceu 71,24%. No mesmo período, a inflação medida pelo IPCA aumentou 42,38%.
publicado  em 11/04/2016 18h08

Embora não conte com uma regra fixa de reajuste, o benefício médio do Bolsa Família aumentou bem acima da inflação nos últimos anos. Entre janeiro de 2011 e janeiro de 2016, o benefício médio pago pelo programa de transferência de renda cresceu 71,24%. No mesmo período, a inflação medida pelo IPCA aumentou 42,38%.

Com o lançamento do Plano Brasil Sem Miséria, em 2011, as correções dos valores foram feitas de forma a privilegiar as famílias em situação de miséria. Com isso, o Brasil superou a extrema pobreza em 2014, de acordo com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios divulgados no final de 2015.

No caso das famílias mais pobres do programa, a correção do benefício foi ainda maior: 112,78%. Isso equivale a quase três vezes a inflação medida no período de cinco anos.

Além disso, o Orçamento da União deste ano destina cerca de R$ 1 bilhão para uma correção dos benefícios do Bolsa Família. A data e o percentual ainda não foram definidos.

Informações sobre os programas do MDS:
0800-707-2003
mdspravoce.mds.gov.br

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021
www.mds.gov.br/area-de-imprensa

registrado em: