Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2015 > Setembro > Experiência brasileira na redução da fome é apresentada em fórum na Rússia

Notícias

Experiência brasileira na redução da fome é apresentada em fórum na Rússia

SEGURANÇA ALIMENTAR

Secretário Arnoldo de Campos vai mostrar como políticas públicas possibilitaram a saída do país do Mapa da Fome
publicado  em 08/09/2015 16h34

Brasília, – Os programas e as ações que possibilitaram que o Brasil saísse do Mapa da Fome, da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), serão apresentados durante o Fórum Global sobre Programas de Proteção Social Sensíveis à Nutrição: Rumo a Parcerias para o Desenvolvimento, em Moscou, na Rússia. O secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Arnoldo de Campos, participa, nesta quinta-feira (10) e sexta-feira (11), do encontro.
 
O Brasil superou a fome como problema estrutural graças ao aumento da oferta de alimentos e da renda dos mais pobres, ao programa Bolsa Família e à merenda escolar, que beneficia 43 milhões de crianças e adolescentes. Além disso, a FAO apontou como um dos fatores fundamentais para o sucesso brasileiro a participação da sociedade civil na elaboração das políticas públicas, o que foi possível com a recriação do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea).

Segundo o relatório O Estado da Insegurança Alimentar no Mundo 2015, o Brasil é o país, entre os mais populosos, que teve a maior queda de subalimentados entre 2002 e 2014, que foi de 82,1%. No mesmo período, a América Latina reduziu em 43,1% esta quantidade. “A articulação das políticas públicas têm gerado uma mudança significativa para a vida das famílias mais pobres”, destacou Arnoldo de Campos.

Durante painel com representantes dos Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), o secretário vai discutir como a proteção social e a nutrição do bloco econômico poderão apoiar a implementação da Declaração da Segunda Conferência Internacional de Nutrição. 

O governo federal já apontou novos desafios para assegurar uma alimentação adequada e saudável para a população. A qualidade dos alimentos que chegam à mesa da população e o combate ao sobrepeso e à obesidade (decorrentes da má alimentação) estão na agenda prioritária do país, por meio do Plano Plurianual 2016-2019.

“Estamos vencendo a guerra contra a fome, garantindo o acesso da nossa população a alimentos de qualidade, frescos e com alto teor nutricional”, ressaltou Campos.

O fórum é organizado pelo governo da Rússia, Centro de Excelência Contra a Fome do Programa Mundial de Alimentos (PMA) e FAO. O evento pretende discutir o papel crucial dos sistemas de proteção social na redução da pobreza rural e no fortalecimento da segurança alimentar e nutricional.  

Informações sobre os programas do MDS:
0800-707-2003
mdspravoce.mds.gov.br 

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021