Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2015 > Setembro > Caminhões vão facilitar distribuição de alimentos da agricultura familiar no Acre

Notícias

Caminhões vão facilitar distribuição de alimentos da agricultura familiar no Acre

AGRICULTURA FAMILIAR

Outros equipamentos serão adquiridos para modernizar as unidades de distribuição. Investimento total é de R$ 2,6 milhões
publicado  em 29/09/2015 17h50

Brasília – Para garantir que uma alimentação de qualidade com alimentos frescos cheguem até a população pobre do Acre, o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) entregou, nesta terça-feira (29), seis caminhões no estado para apoiar o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

No valor de R$ 2,6 milhões, o contrato com o governo do Acre prevê a entrega de um total de oito caminhões e vários equipamentos para a modernização das Unidades de Distribuição da Agricultura Familiar (Udafs).

Segundo o secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do MDS, Arnoldo de Campos, muitos municípios não têm capacidade de receber e distribuir os produtos da agricultura familiar. “As unidades de abastecimento vão ganhar mais estrutura e os caminhões vão ajudar na logística de distribuição desses alimentos, contribuindo para a redução de perdas e desperdício de alimentos”.

Os alimentos entregues nas unidades de distribuição são adquiridos da agricultura familiar por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Em 2014, o governo federal investiu R$ 6,8 milhões na compra de 3,8 mil toneladas de produtos dos agricultores do Acre.

Ações como essa, disse Arnoldo, fortalecem as compras da agricultura familiar, melhoram a logística e potencializam o sistema de segurança alimentar e nutricional. “Isso faz com que os municípios assumam papéis de abastecimento alimentar de maior qualidade”.

Água – O secretário destacou ainda o investimento do governo federal para que a população mais pobre possa conviver com a Amazônia. Uma dessas ações é o Sanear Amazônia, que está garantindo acesso à água potável e saneamento básico. Com investimento total de R$ 35 milhões, o projeto vai construir tecnologias de acesso à água para 2,8 mil famílias de oito reservas extrativistas.

A execução resulta do termo de parceria assinado entre o Memorial Chico Mendes e o MDS em dezembro de 2014. Antes de receberem as tecnologias, as famílias aprendem sobre a gestão da água e saúde ambiental.

Informações sobre os programas do MDS:
800-707-2003
mdspravoce.mds.gov.br

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021
www.mds.gov.br/area-de-imprensa