Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2015 > Outubro > Erradicar extrema pobreza é compromisso internacional

Notícias

Erradicar extrema pobreza é compromisso internacional

Signatário dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), Brasil está próximo dessa meta, com 3,1% de pessoas vivendo com renda abaixo de US$ 1,25 por dia
publicado  em 16/10/2015 13h39
Foto: Ubirajara Machado/MDS

Brasília – A erradicação da pobreza extrema, primeiro dos novos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável lançados pelas Nações Unidas, foi praticamente alcançado no Brasil, com 15 anos de antecedência. A meta foi estabelecida para 2030 pela Cúpula ONU de setembro, consideradas extremamente pobres as pessoas que vivem com menos de US$ 1,25 por dia (ajustado ao Poder de Paridade de Compra/PPP).

Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) processados pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) apontam que, entre 2001 e 2013, a taxa de extrema pobreza caiu a menos da metade, passando de 8,1% para 3,1% da população.

“Em um curto espaço de tempo, conseguimos mostrar que, quando o governo e a sociedade colocam a pobreza e a fome no centro da agenda pública, você consegue cumprir os objetivos, por mais ambiciosos que pareçam”, ressaltou a ministra Tereza Campello.

 

 A partir de 2012, a complementação de renda prevista pelo programa Bolsa Família para a superação da extrema pobreza contribuiu para que o objetivo fosse alcançado. Hoje, nenhuma família beneficiária vive com renda abaixo de R$ 77 por pessoa da família, valor que corresponde à linha de extrema pobreza definida pelas Nações Unidas. 

As políticas sociais enfrentaram a pobreza não apenas na renda, mas em suas várias dimensões, como acesso à educação, saúde e outros serviços, e onde a pobreza era mais resistente: entre negros, crianças e famílias residentes na região Nordeste. A pobreza multidimensional crônica no Brasil caiu de 8,3%, em 2004, para 1,1% em 2013, de acordo com estudo do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) baseado em indicador do Banco Mundial. A redução foi de 87% no período.

 

 

Data – Desde 1992, a Assembleia Geral das Nações Unidas declarou o 17 de outubro como o Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza. Nesta data em 1987, Joseph Wresinski convidou cem mil pessoas vindas de vários países para se reunirem e celebrar o primeiro Dia Mundial para a Erradicação da Miséria, na Praça dos Direitos Humanos e da Liberdade, em Paris. Neste local foi assinada, em 1948, a Declaração Universal dos Direitos Humanos. E a extrema pobreza foi considerada uma violação dos direitos humanos.

Informações sobre os programas do MDS:
0800-707-2003
mdspravoce.mds.gov.br

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021
www.mds.gov.br/saladeimprensa