Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2015 > Novembro > Prorrogado prazo para preenchimento do MapaSAN 2015

Notícias

Prorrogado prazo para preenchimento do MapaSAN 2015

MAPEAMENTO DE SEGURANÇA ALIMENTAR

Gestores têm até 15 deste mês para participar da segunda edição da pesquisa. Mais de 2 mil municípios já responderam levantamento
publicado  em 04/11/2015 14h56

Brasília – Os gestores municipais têm até o dia 15 deste mês para preencherem o Mapeamento de Segurança Alimentar e Nutricional (MapaSAN) 2015. A prorrogação do prazo foi divulgada pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) durante a 5ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, em Brasília.

Até outubro, 2.089 municípios responderam totalmente os cinco principais formulários da pesquisa. O resultado representa um crescimento de mais de 30% em relação ao MapaSAN 2014. Dados parciais mostram que 39,6% dos municípios pesquisados declararam já ter realizado pelo menos uma Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional entre os anos de 2003 e 2015. Entre os municípios respondentes, 980 afirmam possuir um Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional.

Outro destaque são os resultados das ações de segurança alimentar e nutricional (SAN) para povos e comunidades tradicionais (PCT). Quase 32% dos municípios responderam que existe um ou mais segmentos de PCT, sendo que 34,3% deles desenvolvem alguma política ou ação de SAN voltadas para etnias indígenas, comunidades quilombolas ou outros povos e comunidades tradicionais.

Leia mais notícias sobre a 5ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional
Acesse a galeria de imagens da 5ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional

Também foi verificado que, em 23,1% destes municípios, um ou mais segmentos de PCT fornecem alimentos para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e, em 30% dos municípios, esses segmentos fornecem alimentos para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae).

As feiras livres continuam sendo o principal equipamento público de segurança alimentar e nutricional. O resultado preliminar apontou que 74,3% dos municípios contam com um total de 5.505 feiras livres. Destas, 28,2% comercializam parcialmente ou exclusivamente produtos de origem orgânica ou de base agroecológica.

A adesão do município ao MapaSAN 2015 é voluntária. A participação contribui para o fortalecimento do Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Sisan) e para o aprimoramento das políticas de segurança alimentar e nutricional.

Neste ano, o questionário foi aperfeiçoado para facilitar as respostas dos gestores e melhorar a qualidade dos dados. Para orientar os municípios, o MDS disponibilizou o Manual Orientador do MapaSAN 2015.

Acesse aqui o manual

Mais informações ou solicitação do Manual Orientador do MapaSAN 2015 podem ser feitas pelo e-mail mapasan@mds.gov.br .

Informações sobre os programas do MDS:
0800-707-2003
mdspravoce.mds.gov.br

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021
www.mds.gov.br/area-de-imprensa