Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2015 > Novembro > Políticas públicas promovem educação alimentar e nutricional

Notícias

Políticas públicas promovem educação alimentar e nutricional

IDEIAS NA MESA

Secretário Arnoldo de Campos participou na segunda-feira (16) do primeiro encontro da Rede Ideias na Mesa
publicado  em 17/11/2015 14h25
Foto: Ubirajara Machado/MDS

Brasília – “Não dá para debater a educação alimentar só do ponto de vista biológico e se estamos nos alimentando com as proporções corretas do ponto de vista nutricional. É preciso atuar de forma sistêmica, com políticas públicas, olhando a realidade brasileira”. A afirmação foi feita pelo secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Arnoldo de Campos, durante a abertura do primeiro encontro da Rede Ideias na Mesa, na segunda-feira (16), em Brasília.

O evento conta com a participação de 15 universidades, além de pesquisadores e funcionários do sistema de saúde, educação e assistência social. Campos ressaltou a importância de levar novas metodologias para esses profissionais tornarem mais eficiente a ação de mudança no hábito alimentar. “O engajamento das universidades é estrutural para esse avanço. É preciso ter profissionais melhor qualificados e, para isso, é necessário incidir nas grades curriculares, introduzindo novos conteúdos no campo da nutrição.”

Segundo ele, precisamos ter consciência de que a alimentação também está relacionada ao meio ambiente, às condições sociais e às questões econômicas. “Existem fatores que vão além dos componentes nutricionais do alimento. E isso muitas vezes não é trabalhado dessa forma dentro do sistema educacional”, afirmou, ressaltando que o objeto do encontro é justamente discutir formas de levar novos conhecimentos e inovações para o sistema de educação alimentar.

A coordenadora-geral de Educação Alimentar e Nutricional do MDS, Janine Coutinho, destacou que o grande desafio é fazer com que o cidadão faça escolhas adequadas na sua alimentação. “É muito difícil enfrentar essa tendência atual da grande mídia para a venda de alimentos processados somente com a educação.”

Janine citou que Pacto Nacional pela Alimentação Saudável, lançado pela presidenta Dilma Rousseff no dia 3 de novembro é uma importante iniciativa do governo federal neste sentido. O objetivo é mobilizar estados, municípios, sociedade civil, organismos internacionais e setor privado em torno da promoção da alimentação saudável e combate ao sobrepeso e à obesidade.

“Temos que aproveitar a oportunidade, com o estabelecimento do Pacto, para criar um movimento junto com a sociedade civil e favorecer essa formação mais crítica do ato de se alimentar”, explicou. Segundo ela, “é preciso sensibilizar a sociedade sobre a importância de escolher os alimentos e mostrar como isso repercute em toda a cadeia alimentar”.

Rede Ideias na Mesa – O 1º Encontro da Rede Ideias na Mesa tem como objetivo traçar um panorama sobre a Educação Alimentar e Nutricional no país, dando visibilidade a práticas e experiências. A proposta é permitir que os participantes identifiquem oportunidades de desenvolvimento de estratégias nas diferentes etapas do sistema alimentar e nos diferentes espaços sociais.

Informações sobre os programas do MDS:
0800-707-2003
mdspravoce.mds.gov.br

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021
www.mds.gov.br/area-de-imprensa