Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2015 > Novembro > Merenda escolar brasileira é destaque em Nova Iorque

Notícias

Merenda escolar brasileira é destaque em Nova Iorque

SEGURANÇA ALIMENTAR

Tereza Campello trocou experiências de combate à obesidade infantil com o diretor do Programa de Alimentação Escolar da Prefeitura de Nova Iorque, Eric Goldstein, na quinta-feira (20)
publicado  em 20/11/2015 18h31

Brasília – O combate à obesidade entre as crianças foi tema de reunião da ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, com o diretor do Programa de Alimentação Escolar da Prefeitura de Nova Iorque, Eric Goldstein, na quinta-feira (20), nos EUA. “Além da troca de experiências, o encontro serviu para mostrar como o Brasil está avançando em relação aos outros países que estão tentando melhorar a merenda escolar das crianças”, afirmou a ministra.

Tereza Campello contou que apresentou as estratégias brasileiras de combate à obesidade nas escolas. “O Brasil está trabalhando para que as crianças tenham cada vez mais comidas frescas da agricultura familiar na merenda escolar. Elas devem comer arroz, feijão, verdura, legumes e frutas todos os dias.”

Eric Goldstein falou sobre o programa desenvolvido nas escolas de Nova Iorque. Segundo a ministra, a cidade está tentando melhorar e levar alimentação saudável para as crianças. “Também tive a oportunidade de comer em uma dessas escolas e conhecer de perto como funciona o programa.”

A merenda escolar foi destacada pela Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO) como fator importante para a saída do Brasil do Mapa da Fome, em 2014. Todos os dias, no Brasil, 43 milhões de crianças e adolescentes se alimentam na escola, que são obrigadas a oferecer porções semanais de frutas e verduras no cardápio.

Nessa nova fase, de luta contra o aumento progressivo do excesso de peso, o Brasil já colocou em prática um conjunto de ações voltadas à alimentação saudável. Programas como o de Aquisição de Alimentos (PAA) e o de Alimentação Escolar (Pnae) já praticam a compra de alimentos saudáveis. Isso contribui para estruturar os processos de compras de produtos da agricultura familiar para a merenda escolar.

Juntos, esses programas investem quase R$ 4 bilhões com determinações legais para aquisição de alimentos da agricultura familiar, como frutas, verduras, legumes e produtos locais e de época. Ao todo, já são adquiridos mais de 3 mil tipos de produtos diferentes. 

Informações sobre os programas do MDS:
0800-707-2003
mdspravoce.mds.gov.br

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021
www.mds.gov.br/area-de-imprensa