Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2015 > Novembro > Encontro debate gestão do Cadastro Único

Notícias

Encontro debate gestão do Cadastro Único

CADASTRO ÚNICO

Representantes de 17 metrópoles se reúnem em Brasília para promover troca de experiências e debater a qualificação da ferramenta
publicado  em 25/11/2015 18h42

Brasília – Até sexta-feira (27), representantes de 17 prefeituras de metrópoles com mais de 900 mil habitantes se reúnem, em Brasília, no 8° Encontro dos Gestores do Cadastro Único nas Metrópoles. Juntas, as cidades das cinco regiões brasileiras representam 4 milhões de famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. 

O evento, que começou nesta quarta-feira (25), é realizado pelo Grupo de Gestões Municipais, com apoio do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). Nele, serão promovidas troca de experiências e o debate sobre vários temas, como: qualificação de recursos humanos, diante da alta rotatividade das equipes; regulamentação da profissão de entrevistador do Cadastro Único; integração do Cadastro com outras bases de dados; e melhorias no atendimento ao público, entre outros. 

“O contato direto com as metrópoles e outros municípios fornece subsídios concretos para melhorar a gestão em âmbito federal”, explica a Coordenadora-Geral de Gestão de Processos de Cadastramento do MDS, Ana Gabriela Sambiase. “A gente constrói o conhecimento junto.” 

Conseguir descentralizar o atendimento num território grande como o Brasil, facilitando o contato com as famílias de baixa renda, é uma das metas das prefeituras. “Numa cidade como São Paulo, essa descentralização do atendimento é um grande desafio”, exemplifica a coordenadora Ana Gabriela. 

O secretário nacional de Renda de Cidadania do MDS, Helmut Schwarzer, participou da abertura do evento. “Por meio do Cadastro Único, a população de baixa renda pode ter acesso a mais de 20 programas sociais. Por isso, o comprometimento de todas as gestões para que Cadastro funcione da melhor maneira possível é fundamental.” 

Importância - O Cadastro Único é um instrumento que identifica e caracteriza as famílias de baixa renda, permitindo que o governo conheça melhor a realidade socioeconômica dessa população. Nele são registradas informações como: características da residência, identificação de cada pessoa, escolaridade, situação de trabalho e renda. 

A ferramenta é usada obrigatoriamente para a concessão dos benefícios do Programa Bolsa Família, da Tarifa Social de Energia Elétrica, do Programa Minha Casa Minha Vida, da Bolsa Verde, entre outros. Também pode ser utilizado para a seleção de beneficiários de programas ofertados pelos governos estaduais e municipais. 

A execução do Cadastro Único é de responsabilidade compartilhada entre o governo federal, os governos estaduais e as prefeituras. 

Informações sobre os programas do MDS:
0800-707-2003
mdspravoce.mds.gov.br

 

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021
www.mds.gov.br/area-de-imprensa