Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2015 > Novembro > Cooperação amplia assistência técnica e fomento no Maranhão

Notícias

Cooperação amplia assistência técnica e fomento no Maranhão

INCLUSÃO PRODUTIVA

Parceria entre os governos federal e estadual permite incluir mais 6 mil agricultores familiares em ações de inclusão produtiva
publicado  em 11/11/2015 11h54
Foto: Ubirajara Machado/MDS

Brasília – Acordo de Cooperação Técnica publicada nesta quarta-feira (11), no Diário Oficial da União, garante que mais 6 mil agricultores familiares em extrema pobreza do Maranhão participem do Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais. Com a parceria firmada entre os ministérios do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e do Desenvolvimento Agrário (MDA) e o governo do estado, chega a 30 mil produtores maranhenses que terão recebido assistência técnica e recursos não reembolsáveis para investimento.

O Programa de Fomento atende agricultores familiares, povos e comunidades tradicionais e assentados da reforma agrária. Até setembro de 2015, em todo o Brasil, 187,4 mil famílias foram incluídas no programa, para aumentar as capacidades produtivas para que possam gerar renda, incrementar sua produção de alimentos e deixar a situação de extrema pobreza que enfrentam.

A agricultora Maria da Conceição de Sousa, de Urbano Santos (MA), é beneficiária do Programa de Fomento. Com o acompanhamento de técnicos de extensão rural, ela investiu recursos para ampliar sua miniusina de extração de óleo de coco babaçu. Com a venda do produto em feiras locais e em outros municípios, a família já chega a gerar pouco mais de um salário mínimo de renda mensal.

“Esta parceria com o governo federal amplia a execução do Programa Mais IDH no meio rural do estado. O governo do Maranhão vai oferecer assistência técnica pelo Sistema de Agricultura Familiar e o governo federal vai ofertar, entre outras ações, recursos do fomento produtivo, proporcionando o resgate da dignidade desse povo sofrido”, explica Adelmo Soares, secretário estadual de Agricultura Familiar.

O secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do MDS, Arnoldo de Campos, destaca a importância deste Acordo. “O apoio governamental aos agricultores familiares mais pobres do Maranhão já vem produzindo resultados bastante expressivos, garantindo que essas famílias possam, com seu próprio trabalho e o apoio das políticas públicas, superar a condição de extrema pobreza e produzir seus alimentos. Com a expansão da parceria, mais famílias do campo poderão se beneficiar dos investimentos produtivos e do apoio dos técnicos da extensão rural.”

Informações sobre os programas do MDS:
0800-707-2003
mdspravoce.mds.gov.br 

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021
www.mds.gov.br/area-de-imprensa