Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2015 > Março > Gestores municipais da região Norte discutem o aperfeiçoamento das ações de assistência social

Notícias

Gestores municipais da região Norte discutem o aperfeiçoamento das ações de assistência social

CONGEMAS

Encontro regional do Congemas começa nesta quinta-feira (5) em Barcarena (PA)
publicado  em 05/03/2015 05h03
Brasília, 5 – Com o objetivo de aperfeiçoar o Sistema Único da Assistência Social (Suas), os gestores dos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Roraima, Rondônia e Tocantins participam  nesta quinta-feira (5) do Encontro Regional do Colegiado Nacional dos Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) – região Norte. A secretária nacional de Assistência Social do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Denise Colin, estará presente no encontro, que segue até sexta (6), em Barcarena (PA).
 
De acordo com o diretor substituto do Departamento de Gestão do Suas, Jaime Rabelo, os encontros regionais são um espaço para troca de experiências e de capacitação dos gestores. “São os municípios que, de fato, implementam o Sistema Único de Assistência Social. A partir dos debates, eles apontam os desafios e problemas e estabelecem uma agenda para a gestão das ações municipais”, afirma. Os encontros regionais neste ano discutirão a implementação do Suas na prática cotidiana da gestão pública.
 
No Norte, o MDS disponibilizou 115 lanchas da assistência social para as ações de Busca Ativa, transporte de serviços e atendimento a ribeirinhos e extrativistas que ainda se encontram em situação de extrema pobreza. “A região Norte é bastante peculiar, uma realidade distinta. Com as lanchas, podemos identificar as famílias que estão dispersas nestes estados tão importantes do país”, assinala Jaime.
 
O Norte do país ainda conta com 609 Centros de Referência da Assistência Social (Cras) em todos os 450 municípios, que atendem famílias em vulnerabilidade social. Atualmente, os sete estados da região têm 237 Centros de Referência Especializado da Assistência Social (Creas) para ofertar serviços especializados e continuados a famílias e indivíduos em situação de ameaça ou violação de direitos.
 
Além disso, há 228 equipes volantes que atendem 205 municípios, 17 Centros de Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centros POP) e mais sete Centros de Referência de Serviço de Proteção Social Especial para Pessoas com Deficiência e suas Famílias (Centros Dia).
 
Em relação ao atendimento ao público prestado nessas unidades, o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos está presente em 437 municípios da região. São mais de 5 mil vagas para o acolhimento a moradores de rua, famílias, mulheres, idosos, crianças e adolescentes. Já o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti) está em 163 municípios. O Benefício de Prestação Continuada (BPC) atende 413, 6 mil pessoas.
 
O Encontro Nacional do Colegiado Nacional dos Gestores Municipais de Assistência Social está previsto para o final de abril, em Fortaleza (CE).