Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2015 > Maio > Povos tradicionais e alimentação adequada são foco das políticas públicas

Notícias

Povos tradicionais e alimentação adequada são foco das políticas públicas

SEGURANÇA ALIMENTAR

Secretário Arnoldo de Campos destacou que desafio do país agora é promover acesso a alimentos de qualidade, frescos e com alto teor nutricional
publicado  em 06/05/2015 20h00
Foto: Ubirajara Machado/MDS

Foto: Ubirajara Machado/MDS

Brasília, 6 – Reduzir a insegurança alimentar e nutricional entre os povos e comunidades tradicionais e aumentar a disponibilidade e o acesso a alimentos saudáveis estão entre as metas apresentadas pelo governo federal para o Plano Plurianual (PPA) 2016-2019. O secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Arnoldo de Campos, participou nesta quarta-feira (6) da reunião plenária do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), em Brasília.

“Estamos vencendo a guerra contra a fome. Nossa população está tendo cada vez mais acesso à alimentação. Mas agora temos outra batalha: promover o acesso a alimentos de qualidade, frescos e com alto teor nutricional”, ressaltou Campos, que é secretário executivo da Câmara Interministerial de Segurança Alimentar e Nutricional (Caisan).

Para o secretário, o diálogo do governo federal com a sociedade civil, por meio do Consea, faz as políticas públicas avançarem. “Com as políticas públicas ajustadas, vamos enfrentar essa situação de uma população que melhorou as condições de renda e de vida, mas que ainda tem hábitos alimentares inadequados.”

Ampliar a participação e o fortalecimento da agricultura familiar, por meio de inclusão produtiva rural, é fundamental, disse Arnoldo, para atingir as metas de segurança alimentar. “Devemos estimular o consumo, a oferta de produtos saudáveis, criando mecanismos de abastecimento e fortalecendo a agricultura familiar por meio das compras governamentais com ajustes na legislação. Com isso, ao mesmo tempo vamos diminuir a desnutrição e atacar a obesidade e o sobrepeso”, ressaltou.  

Por fim, a universalização do acesso à água para consumo humano na área rural e a consolidação e implementação do Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Sisan) também foram destacados como objetivos para o programa temático do Plano Plurianual como formas de garantir a melhora na qualidade da alimentação dos brasileiros.

Informações sobre os programas do MDS:

0800-707-2003
mdspravoce.mds.gov.br

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021