Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2015 > Maio > Mulheres Mil qualifica beneficiárias do Bolsa Família em Serra Caiada (RN)

Notícias

Mulheres Mil qualifica beneficiárias do Bolsa Família em Serra Caiada (RN)

INCLUSÃO PRODUTIVA URBANA

Certificados de qualificação profissional serão entregues para 120 mulheres nesta sexta-feira (8)
publicado  em 08/05/2015 08h00

Brasília, 8 – Beneficiárias do Bolsa Família do município de Serra Caiada (RN) recebem, nesta sexta-feira (8), os certificados de qualificação profissional graças à estratégia Mulheres Mil. As 120 moradoras da zona rural tiveram a oportunidade de fazer cursos de costureira, salgadeira, agente de alimentação escolar e preparador de doces e conservas.

Francisca Adriana da Silva, 33 anos, é uma delas. Ela concluiu o curso de agente de alimentação escolar, ofertado pela Escola Agrícola de Jundiaí. Trabalha vendendo tapioca na comunidade onde mora. De duas a três vezes por semana, ela percorre a vizinhança oferecendo o produto, vendido a R$ 3,00.

Para a formanda, o curso é uma oportunidade para colocar em prática o que aprendeu e melhorar de vida. “Gosto muito de trabalhar nessa área da alimentação. No curso recebi orientações sobre preparo dos alimentos, higiene. É empolgante saber que podemos melhorar”, conta. O curso estimulou a beneficiária do Bolsa Família a sonhar mais alto. “Ter meu negócio é o que mais quero para desenvolver o que aprendi.”

Francisca está ansiosa para receber o certificado. “Me dediquei bastante. A gente que precisa sabe como é difícil. Ter um curso maravilhoso e de graça, e receber um certificado é a melhor coisa que me aconteceu. Com certeza vou conseguir melhorar o que já sei fazer.”

Outra beneficiária do Bolsa Família que será qualificada pelo Mulheres Mil é a agricultora Lucielma Santana, 31 anos. Ela concluiu o curso de salgadeira. Já sabia fazer doces e viu no curso uma oportunidade de aprender a produzir outros produtos. Mas ela não imaginava que um dia poderia trabalhar com a venda dos alimentos.

Antes mesmo de finalizar as atividades, começou a fazer salgados em casa e oferecer para os vizinhos. Produz empada, pastel, coxinha, enroladinho e bauru. Toda semana são cerca de 150 salgados produzidos. Cada um custa R$ 1. “Os clientes já estão conhecendo meus produtos. Agora vou focar em ter meu comércio, com doces e salgados.”

A estratégia Mulheres Mil tem como objetivo oferecer cursos de profissionalização e de complementação de estudos para mulheres em vulnerabilidade social. A iniciativa privilegia temas como elevação da autoestima, saúde, direitos e deveres da mulher, inclusão digital, cooperativismo, promovendo a inclusão produtiva, a mobilidade no mercado de trabalho e o pleno exercício da cidadania.

Podem participar mulheres a partir de 16 anos, chefes de família, em situação de extrema pobreza, cadastradas ou em processo de cadastramento no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, e preferencialmente beneficiárias do Bolsa Família.

Informações sobre os programas do MDS:
0800-707-2003
mdspravoce.mds.gov.br

Informações para a imprensa:

Ascom/MDS
(61) 2030-1021